Açúcar: Virada em NY

Após operarem a semana toda em alta, acompanhando a recuperação da demanda pelo açúcar refinado em Londres, os contratos futuros do demerara, negociado em Nova York, devolveram, na sexta-feira, a maior parte dos ganhos acumulados na semana.

Os papéis com vencimento em maio fecharam a 14,11 centavos de dólar a libra-peso, recuo de 38 pontos e praticamente estável ante a semana anterior, com avanço acumulado de 1 ponto.

O mercado cedeu às previsões do Departamento de Agricultura dos EUA (USDA) para a produção europeia, avaliada em mais de 20 milhões de toneladas, avanço de 20% ante o ciclo anterior.

No mercado interno, o indicador Cepea/Esalq para o açúcar cristal em São Paulo ficou em R$ 53,13 a saca de 50 quilos, queda de 0,39%. (Valor Econômico)