Em apenas duas semanas, dois grandes grupos anunciam desligamento de três usinas

Biosev e Raízen fecharam, em duas semanas, três unidades industriais no Centro-Sul

No dia 8 de novembro, a Biosev fechou a unidade industrial de Maracajú, no MS

Na semana passada, a Biosev, até então detentora de 10 unidades, anunciou o desligamento da unidade industrial da Usina Maracajú, em Mato Grosso do Sul. De acordo com a Biosev, a decisão do conselho de administração, em reunião realizada no dia 8 de novembro, ocorreu no âmbito de um programa para reduzir seu custo de produção unitário de forma a trazer maior resiliência para sua geração de caixa. 

Na manhã desta segunda-feira, 13 de novembro, a Raízen, que acabou de adquirir duas unidades e que já tinha reativado a Usina Bom Retiro, anunciou a suspensão das atividades industriais das unidades Dois Córregos, localizada na cidade de Dois Córregos (SP), e Tamoio, em Araraquara (SP) por um período inicialmente previsto de dois anos.

Em nota de esclarecimento enviada à RPAnews CANA&INDUSTRIA, a Companhia confirmou que a paralisação se dará devido a um cenário de menor disponibilidade de cana-de-açúcar nestas regiões e otimização logística e de produção da Raízen.

Toda a cana-de-açúcar destinada às unidades Dois Córregos e Tamoio será redirecionada a outras unidades da empresa não havendo redução da moagem total do Grupo Raízen. A operação agrícola própria e dos fornecedores de cana da Raízen não será impactada.

A Raízen anunciou o fechamento de duas unidades no Estado de SP na manhã desta segunda-feira, dia 13

Em comunicado feito aos fonecedores de cana, a Raizen afirmou que trabalhará de forma que eventuais ajustes que se sejam necessários, em função das novas distâncias, vão ser prontamente calculados e ajustados, para que os fornecedores não sejam afetados por essa alteração. "A Raízen tem todo o interesse em manter e aprimorar nosso relacionamento pois a  parceria com vocês é estratégica para nosso negócio. Reforçamos que não haverá rompimento de contratos ou alterações nas condições acertadas entre a Raízen e vocês", afirmou comunicado da Companhia aos fornecedores das duas unidades.

Ambos os casos, segundo Ricardo Pinto, diretor da RPA Consultoria, mostram os efeitos das safras cada vez menores, que fazem com que as usinas tenham que desligar unidades e fazer o remanejamento da cana para reduzir custos.