Vendas de etanol em alta

As vendas de etanol hidratado pelas usinas do Centro-Sul do país voltaram a registrar aquecimento na primeira metade de novembro, já que o produto continua mais vantajoso do que a gasolina nos principais polos consumidores de combustível.

Foram vendidos 684,757 milhões de litros de etanol hidratado entre os dias 1 e 16 de novembro, uma alta de 36,1% sobre o mesmo período do ano passado, de acordo com dados da União das Indústrias de Cana-deAçúcar (Unica). Na quinzena anterior, o volume foi de quase 840 milhões de litros, mas o período teve mais dias úteis.

Em nota, o diretor técnico da Unica, Antonio de Padua Rodrigues, observou que o produto segue mais competitivo que a gasolina em São Paulo, Minas Gerais e Mato Grosso, "responsáveis por quase metade da frota de veículos leves e motocicletas do país".

Mesmo em outros Estados, em que o preço do etanol está acima de 70% do valor da gasolina, conforme parâmetro mais aceito pelo mercado, para ser vantajoso o etanol tem que valer até 70% do preço da gasolina -, o produto tem sido vendido a preços bem mais baixos que o da gasolina, o que atrai a demanda. Em Goiás, o litro do etanol na semana passada estava R$ 1,262 mais barato que a gasolina, de acordo com levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). No Paraná, a diferença foi de R$ 1,102 o litro. (Valor Econômico)