Cana-de-açúcar será pauta de evento em março

Pesquisa pública em cana-de-açúcar, novas tecnologias, tendências e desafios para o setor sucroenergético serão debatidos no dia 15 março de 2018, em Ribeirão Preto/SP. O Simpósio visa reunir instituições públicas e privadas que representem setores da pesquisa, produção e políticas públicas para o setor sucroenergético e em áreas afins. 

O evento irá aprofundar as discussões sobre a situação atual e perspectivas para o setor, passando pelo melhoramento genético e biotecnologia até o sistema de produção atual e as novas tecnologias para a cultura da cana-de-açúcar.  A programação contará com as principais personalidades do setor para abordar essas temáticas tanto no âmbito político como técnico.  


Neste dia, dividido em quatro painéis, será apresentado, na parte da manhã, o agronegócio do setor, o projeto caminhos da Cana, Renovabio, perspectivas de fomento, as pesquisas com melhoramento genético e biotecnologia do IAC, RIDESA, Embrapa, CTC, Vignis e Granbio. No período da tarde, os temas de agricultura de precisão, irrigação, nutrição de plantas, mecanização e controle fitossanitário serão abordados e discutidos por uma equipe altamente qualificada.  E ainda, empresas privadas irão mostrar suas tecnologias desenvolvidas e visão de futuro para o setor. 
Na sequencia, as ações da Rede Pluricana, financiada pela Finep, que reúne 22 instituições públicas brasileiras de pesquisa para desenvolver cana e outras gramíneas energéticas serão apresentadas aos participantes.
 
O evento é realizado por uma grande rede de instituições públicas que desenvolvem pesquisa com a cultura, estão neste rol a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa, Instituto Agronômico de Campinas - IAC, Rede Interuniversitária para o Desenvolvimento do Setor Sucroenergético – RIDESA, Sociedade dos Técnicos Açucareiros e Alcooleiros do Brasil – STAB e a toda a equipe do Programa Plurianual Integrado de P&D em Cana-de-açúcar – Pluricana/Finep.


Mais informações podem ser obtidas na Embrapa Agroenergia pelos telefones 61 – 34481581 – 3448-2307, diretamente com o pesquisador Hugo Molinari (983018656) ou pelo email .