Participação do etanol na matriz de combustíveis atinge maior nível desde 2015

Segundo dados publicados pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) e compilados pela União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica), em outubro deste ano, o volume de etanol consumido no Brasil alcançou 1,37 bilhão de litros, registrando notável crescimento de 14,8% em comparação ao mesmo mês de 2016 e de 4,8% em relação à quantidade comercializada em setembro de 2017.

Esse aumento também reflete a participação do biocombustível na matriz de combustíveis do ciclo Otto (frota de veículos de passeio e carga leve); atingiu 42,6% em outubro. Vale ressaltar que esse volume é o maior valor apontado desde dezembro de 2015, período em que foram consumidos 1,54 bilhão de litros; 42,7% na parcela do etanol na matriz de combustíveis.

O consumo de combustíveis leves no Brasil em outubro de 2017 somou 4,50 bilhões de litros de gasolina equivalente (soma de etanol hidratado e gasolina C considerando o diferencial de rendimento do biocombustível), indicando um crescimento de 0,92% em relação ao observado no mesmo mês de 2016.

No acumulado desde janeiro até o final de outubro deste ano, as vendas de combustíveis leves no mercado nacional atingiram 44,42 bilhões de litros de gasolina equivalente, registrando elevação de 1,4% na comparação com o mesmo período de 2016.

Fonte: Unica