Conecte-se conosco
 

Últimas Notícias

Sustentabilidade da cana-de-açúcar é destaque na Fenasucro & Agrocana

Publicado

em

Feira celebra 30 anos com a “Arena da Sustentabilidade” e reforça a importância do setor bioenergético na transição energética global

“A cana, além de gerar açúcar e etanol, também é sinônimo de sustentabilidade. Uma realidade óbvia para quem trabalha no setor bioenergético, mas que o mundo ainda parece não ter descoberto”, afirma Almir Torcato, gestor executivo da Canaoeste (Associação dos Plantadores de Cana do Oeste do Estado de São Paulo). A entidade é patrocinadora da “Arena da Sustentabilidade”, uma das principais novidades da próxima edição da Fenasucro & Agrocana.

Em 2024, a feira celebra 30 anos, destacando a cana-de-açúcar como protagonista na transição energética. “Não é apenas uma alternativa; é fundamental nessa fase de mudanças”, ressalta Torcato.

Atualmente, a população mundial é de 8 bilhões de pessoas, e a ONU (Organização das Nações Unidas) projeta que atingirá 9,7 bilhões em 2050 e 10,9 bilhões em 2100. Com o aumento populacional, os recursos naturais não renováveis, como minerais e combustíveis fósseis (petróleo, gás natural e carvão), tornam-se escassos e prejudiciais ao meio ambiente. “É nesse contexto que a importância dos recursos ‘renováveis’ cresce, tanto social quanto economicamente”, explica Torcato.

Dentro das políticas ESG (Environmental, Social, and Governance), além das questões ambientais, também são considerados os aspectos sociais e de governança. “O setor bioenergético tem grande potencial para gerar impactos sociais positivos, como a criação de empregos, o desenvolvimento de comunidades rurais e a promoção da inclusão social”, destacou Torcato.

Uma governança corporativa robusta é essencial para garantir transparência, ética e responsabilidade na gestão. “A adoção de práticas de governança ESG constrói uma relação de confiança e contribui para a longevidade dos negócios. Na Canaoeste, implementamos uma biofábrica e desenvolvemos o programa SEMEIA, que promove práticas sustentáveis entre os produtores”, explicou Torcato.

Desenvolvido exclusivamente para os produtores rurais, o SEMEIA é um programa de melhoria contínua voltado às questões de sustentabilidade/ESG no meio rural. “É através do SEMEIA que os produtores acessam uma gama de serviços que os auxilia na obtenção de certificações e políticas públicas de sustentabilidade. É impressionante ver o desenvolvimento dos produtores rurais desde o início do programa até a conquista da certificação. É um processo longo, que envolve uma equipe multidisciplinar da Canaoeste, tudo para facilitar e desburocratizar a vida do produtor rural”, explica Fábio de Camargo Soldera, gestor operacional de Sustentabilidade da Canaoeste.

“A sustentabilidade no setor sucroenergético é essencial para garantir a viabilidade do negócio a longo prazo, proteger o meio ambiente e promover o desenvolvimento social. Impulsionar e estimular o desenvolvimento dessas práticas, além de dar visibilidade ao desenvolvimento sustentável promovido pelo setor, será um dos objetivos da Arena de Sustentabilidade da Fenasucro & Agrocana 2024″, ressaltou Fernando dos Reis Filho, presidente da Canaoeste.

Cadastre-se e receba nossa newsletter
Continue Reading