Compartilhar

De acordo com as informações, as entregas de açúcar bruto ante o contrato maio negociado na Intercontinental Exchange (ICE), que expirou na última sexta-feira (30), totalizaram cerca de 11.350 lotes, ou 575 mil toneladas.

Segundo as informações publicadas pela agência Reuters junto a operadores, o volume é muito inferior ao reportado há um ano, quando as entregas atingiram 44.449 lotes, máxima histórica para um vencimento maio.

A trading de commodities Louis Dreyfus foi vista como a maior recebedora, enquanto a produtora brasileira Raízen foi citada por operadores como principal responsável pelas entregas.

Cadastre-se em nossa newsletter