Compartilhar

O sucesso das operações agrícolas de usinas e produtores de cana-de-açúcar, especialmente quando falamos de CTT (Corte, Transbordamento e Transporte), é definido pela produtividade.

Para se ter uma ideia, as operações de CTT correspondem, em média, de 30% a 60% dos custos com matéria-prima. E como estas operações estão repletas de gargalos, o uso de tecnologias como os computadores de bordo – equipamentos com softwares, sensores e atuadores utilizados para monitorar e automatizar operações agrícolas – são essenciais para o controle da frota.

Um dos principais ganhos está relacionado à melhoria de performance e disponibilidade, assim como a redução de custos de manutenção e operação.

De acordo com empresas do mercado, os computadores de bordo podem gerar uma economia de combustível de até 21%, economia na manutenção em até 30%, aumento da vida útil dos veículos, aumento da produtividade e consequente redução da frota, de multas e acidentes, redução de custos por otimização logística, além da automatização de entrada de dados administrativos.

O computador de bordo funciona mais ou menos como uma “caixa preta” que registra continuamente informações de diversos sensores instalados no veículo. São essas informações que permitem o controle preciso da operação da frota e da performance de seus motoristas.

Os computadores de bordo normalmente fazem três atividades:

  1. Mostram na tela para o operador da máquina e/ou trator, o que está acontecendo com o equipamento em tempo real, emitindo sons de alarme quando há erros durante a operação;
  2.  Se comunicam com um Centro de Operações Agrícolas (COA ou CIA), mostrando o status de cada equipamento da frota que tenha computador de bordo instalado. 
  3. O sistema que recebe as informações dos computadores de bordo e que inclui o COA/CIA também monta relatórios sobre o que aconteceu com os equipamentos monitorados, principalmente os tempos parados dos equipamentos e quais foram os motivos.

Os computadores de bordo já são produzidos e comercializados no Brasil há mais de 20 anos, no entanto, o seu alto preço de aquisição aliado ao fato de alguns apresentarem ineficiências e problemas da frota em relatórios um ou mais dias depois da situação acontecida, impediam que a maior parte dos equipamentos contasse com este importante acessório.

No entanto, novas tecnologias oferecidas hoje para o mercado canavieiro, oferecem soluções não só que automatizam a execução e o monitoramento de operações, mas também disponibilizam controles preparados para a agricultura de precisão.

Outro detalhe importante, considerando que são os operadores das máquinas que fazem seu uso, é que o dispositivo seja intuitivo e compatível com a mais diversas fabricantes de máquinas do mercado.

Além disso, existem computadores de bordo capazes de importar roteiros programados e exportar mapas com as rotas efetivamente percorridas, contando com uma assistência técnica remota.

Ter conexão com internet, seja por cabo, wi-fi ou rede móvel (3G/4G) é um essencial para produtores e usinas que querem fazer parte da agricultura 4.0, afinal, fazer o envio em tempo real de informações, permite que as equipes de suporte técnico visualizem a própria tela do usuário e solucionem as dúvidas de forma ágil, econômica e em tempo real.

Neste mês de junho, a Hexagon Agriculture, especializada em desenvolvimento de, lançou um novo computador de bordo, o display Ti10, que vem compatível com diversas máquinas do mercado e que traz como principal diferencial a possibilidade de inclusão de recursos de agricultura de precisão no mesmo equipamento.

Veja os 7 principais diferenciais do novo computador de bordo: o Ti10

1) MAIOR PRECISÃO

Esqueça de erro de até 10 metros (quase 7 linhas de cana). O Ti10 apresenta erro máximo de 2 centímetros na sua localização.

2) MAIOR NÚMERO DE FUNÇÕES

Numa só tela você tem piloto automático, controlador de vazão, aplicação em taxa variável e monitoramento da máquina.

 3) MELHOR COMUNICAÇÃO COM O OPERADOR

Vem com câmera, alto-falante e microfone frontais.

 4) PROCESSADOR MAIS MODERNO E PODEROSO

Com o processador Quad Core 1,2 GHz, o Ti10 pode trabalhar com algoritmos mais avançados e com sincronização de máquinas mais precisa.

 5) MAIOR CONECTIVIDADE

O único bordo do mercado com bluetooth 4,2, wi-fi 2,4 GHz e internet móvel.

 6) MAIOR MEMÓRIA

Vem com incríveis 2 Gb DDR3 de RAM e mais Flash de 32 Gb eMMC.

 7) MAIOR E MELHOR TELA

Tela sem comparação com 10,1 polegadas e padrão HD de 1280 x 800.

Cadastre-se em nossa newsletter