Compartilhar

Após duas semanas em que o ritmo das vendas de etanol para o produtor estava desacelerado, a procura pelo etanol hidratado e anidro aumentou na primeira semana de janeiro.

Segundo os pesquisadores do Cepea/Esalq (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada Departamento de Economia, Administração e Sociologia da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz), agentes de distribuidoras de combustíveis voltaram a realizar aquisições no mercado spot, visando reabastecer os estoques do biocombustível, após as vendas durante os feriados de Natal e Ano Novo, períodos de grande consumo.

Diante disso, entre 4 e 8 de janeiro, o Indicador Cepea/Esalq do hidratado (preço ao produtor) fechou a R$ 2,0639/litro (sem ICMS e sem PIS/Cofins), ligeiro aumento de 0,85% em relação ao da semana anterior.

Já para o anidro, o indicador Cepea/Esalq foi de R$ 2,4017/litro (sem PIS/Cofins), pequena desvalorização de 0,15% na mesma comparação.

Açúcar: mercado paulista recua

Os preços do açúcar cristal negociados no mercado spot de São Paulo estão enfraquecidos neste início de ano. Segundo pesquisadores do Cepea/Esalq (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada Departamento de Economia, Administração e Sociologia da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz), o movimento verificado no spot paulista é o oposto das expectativas, que era de alta para este início da entressafra 2020/21.

As baixas estão atreladas ao fato de parte dos agentes de usinas estar mais flexível nos valores ofertados, em especial para negociação envolvendo maiores quantidades. Assim, nesta parcial de janeiro, até o dia 11, o Indicador Cepea/Esalq, cor Icumsa de 130 a 180, mercado paulista, recuou 1,76%, fechando a R$ 105,7/saca de 50 kg nessa segunda-feira, 11.

Cadastre-se em nossa newsletter