Adecoagro anunciou suspensão de contratos de trabalho de colaboradores

No final da semana passada a Usina Adecoagro enviou comunicado aos funcionários avisando sobre uma suspensão, de forma temporária, dos contratos de trabalho de seus colaboradores nas unidades de Ivinhema e Angélica, no MS, a partir desta segunda-feira, dia 20 de abril.

De acordo com comunicado – ao qual a RPAnews teve acesso por meio de redes sociais –  a companhia afirma que tomou a decisão devido à crise gerada pela pandemia do novo coronavírus. 

A empresa afirmou que apesar dos esforços,para tentar manter os postos de trabalho optou por implementar uma das alternativas previstas na MP 936, que autoriza os empregadores, entre outras ações, a suspender temporariamente os contratos de trabalho dos colaboradores, evitando demissões. 

“Esta medida será implementada a partir do dia 20 de abril e poderá ser utilizada até o final do período de vigência do estado de calamidade pública decretado pelo Governo (31 de dezembro de 2020)”, afirmou em nota

Outras medidas como a substituição de serviços terceirizados por mão de obra própria, suspensão de investimentos, além de mudanças operacionais em suas usinas, especialmente em Mato Grosso do Sul foram tomadas pela Adecoagro diante da crise. 

Ainda de acordo com comunicado, todas as ações foram tomadas em sintonia com o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Açúcar e Álcool de Nova Andradina (STIFANA).

LEIA COMUNICADO