Ministra Tereza representa confiança e confiança é tudo numa crise

José Luiz Tejon Megido
Já comentamos na Rede Jovem Pan o surgimento de postagens difamatórias, verdadeiros bullyings virtuais, contra a ministra Tereza Cristina. Coisa inimaginável como ficção científica de seres abissais.
Mas, a quem interessa difamar e atacar a ministra Tereza? Estão de olho no seu ministério? Ou são os loucos que não querem que o Brasil negocie com a China? Também já falaram mal dos árabes, dos europeus, da Argentina.
Teresa Cristina é Ministra da Agricultura. Mas. Desse modo. Mas.

Descerebrados são HVV hordas vampiras virtuais. Estamos numa crise, precisamos de confiança e de clientes.

A China, apenas para dar um fato, em março, foi responsável pelo crescimento das vendas de carne bovina do país, perante o decréscimo de todos os demais fregueses mundiais.

China significa 80% da soja exportada do país. De cada 1 dólar que vem dos os Estados Unidos, 3 vem da China, mas como a ministra diz ela está na agricultura acima da política partidária hoje.
E o negócio do Brasil é fazer negócio com todos os clientes e, sim, buscar diversificação também. Novos mercados. Não é bom ser sino dependente, mas hoje é o nosso maior cliente.
José Luiz Tejon Megido é membro do Conselho Científico Agro Sustentável (CCAS) e Dirige o Núcleo de Agronegócio da ESPM. Mas. Desse modo.
Mas confiança hoje é o nome do jogo. Muito esquisito a ministra precisar pedir apoio ao presidente da República, para calar a horda vampira virtual (HVV), quando tem sido considerada como fundamental no antes coronavírus e será no depois coronavírus.

Temos dramas gigantescos para enfrentar. Evandro Gussi, presidente da Unica (União da Indústria de Cana-de-Açúcar), disse: “previmos uma safra de mais de 600 milhões de toneladas que se não puder ser colhida será a destruição do setor”.

Destruição afirma o presidente da Unica. Ele ainda solicita ações emergenciais e imediatas do governo para salvar o etanol do País.

A consultoria européia On Strategy mandou um relatório sobre o que todo cidadão europeu espera de autoridades e das companhias nos dias atuais.

A palavra é ‘trust’, confiança. Seguida de outra expectativa, relevance, que quer dizer ser apropriado, adequado e relevante.

Dessa forma a ministra Tereza Cristina é uma unanimidade positiva das lideranças do agro brasileiro, significa confiança e relevância.

A comissão de fake news e de bullying virtual, além da polícia precisam investigar quem é e de onde vem esses ataques difamatórios contra a ministra e clientes internacionais do Brasil.

Não é preciso ser unanimidade. Porém, ataques difamatórios é coisa de criminoso mal educado e inimigo do Brasil.

A Hora do Agronegócio. A ministra Tereza representa confiança e confiança é tudo numa crise. Não mexam com a ministra.

Por: José Luiz Tejon Megido, membro do Conselho Científico Agro Sustentável (CCAS) e Dirige o Núcleo de Agronegócio da ESPM.