Brasil e EUA tentam chegar a acordo sobre tarifa do etanol

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, conversou nessa quarta-feira, 28, com o secretário do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), Sonny Perdue, sobre a tarifa imposta pelo Brasil sobre o etanol norte-americano.

Leia também: preços do açúcar reagem nas bolsas internacionais

No próximo sábado expira o prazo de dois anos da tarifa de 20% aplicada pelo Brasil sobre o biocombustível adquirido no exterior para um volume acima de uma cota trimestral de 150 milhões de litros.

Como essa cota é sempre superada e praticamente todo etanol importado vem dos Estados Unidos, os norte-americanos pedem o fim da taxação, pois praticam tarifa zero quando compram o mesmo combustível exportado pelo Brasil.

O Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado) apurou que o tema foi tratado em uma reunião na noite de terça-feira no Ministério da Agricultura, em Brasília.

Participaram do encontro representantes da Pasta e dos ministérios da Economia e das Relações Exteriores. Tereza Cristina deve propor a Perdue que os Estados Unidos deixem de taxar o açúcar brasileiro, produto, como o etanol, feito a partir da cana-de-açúcar. Em troca, o Brasil pode pelo menos aumentar a cota de álcool sem a tarifa de 20%.

Brasil e EUA tentam chegar a acordo sobre tarifa do etanol. A ministra da Agricultura conversou com o secretário do Departamento de Agricultura dos EUA
Brasil e EUA tentam chegar a acordo sobre tarifa do etanol. A ministra da Agricultura conversou com o secretário do Departamento de Agricultura dos EUA