Cana: safra atual está mais produtiva do que a passada

0
1049
MEsmo com falta de chuvas, canaviais de Goiás mostram força contra deficit hidrico

A quantidade de cana-de-açúcar processada pelas unidades produtoras da região Centro-Sul alcançou 37,47 milhões de toneladas na primeira metade de outubro. No acumulado desde o início da safra 2019/2020 até 16 de outubro, a moagem somou 510,26 milhões de toneladas, contra 485,97 milhões de toneladas apuradas no mesmo período do ano passado – alta de 5,00%.

De acordo com a Unica (União da industria de cana-de-açúcar), as informações apuradas até o momento revelam uma antecipação do término da safra 2019/2020. Até 16 de outubro deste ano, 25 unidades do Centro-Sul haviam encerrado a safra, contra 20 usinas até a mesma data de 2018. Por sua vez, essas 25 empresas registraram retração de 13,5% na moagem. Na segunda quinzena do mês, espera-se que outras 41 unidades finalizem as atividades desse ciclo, ante apenas 32 verificadas em 2018.

Com relação a produtividade agrícola, o indicador apurado pelo Centro de Tecnologia Canavieira (CTC) mostra que, o rendimento dos canaviais atingiu 79,84 toneladas por hectare colhido no acumulado de abril a setembro de 2019. Trata-se de um incremento de 4,58% quando comparado a igual período de 2018.

A quantidade de Açúcares Totais Recuperáveis (ATR), por sua vez, alcançou 154,29 kg por tonelada de matéria-prima na primeira quinzena de outubro. O número é 8,35% superior ao resultado observado na mesma data do ano anterior (142,40 kg por tonelada).

No acumulado da temporada, entretanto, o indicador de qualidade continua cerca de 2 kg por tonelada inferior ao apurado no ciclo anterior. Até 16 de outubro, o teor de ATR na planta atingiu 138,12 kg por tonelada, contra 140,28 kg por tonelada no mesmo período de 2018.

Mas.