Conecte-se conosco
 

Destaque

Jalles Machado assina contrato de aquisição da usina Santa Vitória

Publicado

em

A Jalles Machado assinou, ontem, 04, o contrato de aquisição da usina Santa Vitória Açúcar e Álcool Ltda, controlada pelo Grupo Geribá Investimentos. A transação, no valor de R$704,86 milhões, também engloba a aquisição da ERB MG Energias S.A. (Cogen ERB), a unidade de cogeração de energia da Santa Vitória, com capacidade instalada de 41,4 MW.

Inaugurada em 2015 e localizada entre as cidades de Santa Vitória e Perdilândia, na região do Pontal do Triângulo Mineiro, Estado de Minas Gerais, a usina Santa Vitória possui um parque industrial moderno, com somente sete anos de operação e capacidade de moagem de 2,7 milhões de toneladas de cana-de-açúcar por safra.

A planta industrial tem capacidade de produção de mais de 240,0 milhões de litros de etanol do tipo hidratado (combustível) por safra. A usina conta com um Parque Industrial de 210 hectares, aproximadamente 37,6 mil hectares de área cultivada com cana própria e é uma das maiores empregadoras da região, com cerca de 1.400 empregos diretos.

A transação faz parte do plano de expansão da Jalles, iniciado com a abertura de capital na bolsa de valores, em fevereiro de 2021. O IPO possibilitou novos investimentos para o crescimento e perpetuidade da Companhia.

“Com a abertura de capital da Jalles, a aquisição dessa terceira unidade era um dos nossos objetivos e a concretização do negócio demonstra compromisso com os nossos acionistas e com os resultados da Companhia. Assim, ganhamos escala e espaço para crescermos em uma outra região, com localização favorável para exportação, mais próxima ao porto de Santos, tornando a empresa mais competitiva. Minas Gerais é um Estado que tem incentivado empresas do nosso setor”, ressalta o CEO da Jalles Machado, Otávio Lage de Siqueira Filho.

Após a conclusão do negócio, a Jalles Machado passará a contar com três unidades industriais, com capacidade somada para processar 8,5 milhões de toneladas de cana-de-açúcar por safra, sendo 2,7 milhões na Santa Vitória, 3,3 milhões na Usina Jalles Machado e 2,5 milhões na Usina Otávio Lage.

O fechamento da transação depende da implementação de condições precedentes usuais para transações desta natureza, conforme estabelecidas nos contratos.

A transação teve assessoria jurídica do escritório Pinheiro Neto Advogados e assessoria financeira da FG/A. “Agradecemos a todos os envolvidos que tornaram possível a negociação e também ao Grupo Geribá Investimentos pela confiança”, completou Otávio Lage Filho.

Continue Reading