Compartilhar

Pioneira na construção e operação de dutos exclusivos para o transporte de etanol, a Logum Logística realizou sua primeira operação de exportação. Foram carregados aproximadamente 40 milhões de litros de etanol, embarcados no porto de Ilha D’Água (RJ) e tendo como destino o mercado da Califórnia, nos Estados Unidos.

O sistema dutoviário da Logum transportou o biocombustível por mais de 745 km, a partir de seu terminal em Ribeirão Preto (SP).

A operação, ao integrar transporte rodoviário de curta distância, no interior de São Paulo, a um sistema dutoviário ligado a um porto, além de economia de custos resultou em importantes benefícios ambientais.

Foram evitadas 733 viagens de caminhões, que utilizariam as rodovias da Região Metropolitana, contribuindo para uma redução de emissões de 2 mil toneladas de CO2.

A operação logística da Logum foi 87% mais eficiente ambientalmente em comparação com o uso do modelo tradicional, via modal rodoviário.

“A utilização de um sistema dutoviário para a exportação de etanol representa um verdadeiro marco na construção da logística eficiente em nosso país. E a Logum está contribuindo para uma página desta história”, destacou Wagner Biasoli, diretor-presidente da companhia.

O destino da primeira exportação foi motivado por um programa ambiental adotado pelo estado da Califórnia, cujos benefícios os produtores brasileiros de etanol podem acessar utilizando o Sistema Logum.

Há um prêmio para o uso de biocombustível no setor de transporte, que varia de acordo desde o plantio até chegar ao mercado consumidor californiano, incluindo a logística – onde o uso de dutovias é um fator importante. O programa do estado norte-americano prevê benefícios de até US$ 8 por 1.000 litros.

Cadastre-se em nossa newsletter