Compartilhar
A Usina Hidrelétrica Jirau concluiu a sincronização da 50ª e última turbina do projeto localizado no Rio Madeira, em Porto Velho. O funcionamento foi autorizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Segundo a assessoria, por questões técnicas, as 50 turbinas ainda não estão gerando energia porque uma solenidade deve marcar a inauguração oficial nos próximos dias.
 
Segundo a concessionária Energia Sustentável do Brasil (ESBR), com a ativação da nova turbina, a capacidade de produção da hidrelétrica no Rio Madeira aumentou para 3.750 megawatts, potencial para atender mais de 40 milhões de pessoas. No mês de setembro, quando ligou a 45º turbina, a usina se tornou a 3º maior geradora de energia do país.
 
Ainda conforme a assessoria, a última turbina a entrar em funcionamento foi a Unidade Geradora (UG) 48, pois nem sempre a turbinas são liberadas na ordem de numeração.
 
O empreendimento possui em seu projeto 50 turbinas do tipo bulbo. Além de fornecer eletricidade para Sistema Interligado Nacional, a Jirau abastece o Sistema Acre-Rondônia.
 
 
Primeira turbina
 
A Usina Hidrelétrica Jirau começou a operar comercialmente no dia 6 de setembro de 2013 e a primeira máquina da hidrelétrica a ser colocada em operação comercialmente foi a unidade geradora 29.
 
 
Fonte: Portal G1
Cadastre-se em nossa newsletter