Açúcar: Nova alta

Os contratos futuros do açúcar demerara fecharam em leve alta na bolsa de Nova York ontem.
Os papéis com vencimento em julho, os mais negociados, fecharam a 12,38 centavos de dólar por libra-peso, valorização de 3 pontos. Foi a sexta sessão consecutiva de ganhos.
Os preços tiveram sustentação do clima frio e seco no Centro-Sul do Brasil e da alta do petróleo.
O clima tende a reduzir a produtividade das lavouras e a alta do combustível fóssil eleva a competitividade do etanol.
Além disso, a Índia sinalizou que pode instituir um piso para os preços do açúcar para conter as quedas da commodity.
No mercado brasileiro, o indicador Cepea/Esalq para o açúcar cristal em São Paulo fechou em R$ 54,40 a saca de 50 quilos, com avanço de 1,3%.

Fonte: Valor Econômico