Açúcar: mercado interno registra queda, enquanto preços na bolsa crescem

Diferentemente dos preços nas bolsas internacionais, de acordo com dados do Cepea/Esalq, da USP, os valores do açúcar caíram nesta terça-feira.

Segundo a entidade, a commodity foi negociada a R$ 59,97 a saca de 50 quilos – do tipo cristal -, desvalorização de 0,83% no comparativo com a véspera.

Bolsas internacionais

Depois de uma forte queda, os preços do açúcar fecharam em alta no dia de ontem (13) nas bolsas internacionais.

Na bolsa de Nova York, o demerara foi comercializado, no vencimento outubro/19, em 11.72 centavos de dólar por libra-peso, alta de 16 pontos quando comparado com a véspera.

Já o lote para março/20 subiu 10 pontos, sendo negociado a 12.77 cts/lb. As demais telas valorizaram entre 7 e 11 pontos, cada.

Depois de uma forte queda, os preços do açúcar fecharam em alta nas bolsas internacionais. Confira também os valores do mercado interno.
Depois de uma forte queda, os preços do açúcar fecharam em alta nas bolsas internacionais. Confira também os valores do mercado interno.

Londres também registrou aumento na commodity. O açúcar valorizou em todos os lotes. Na tela outubro/19 a matéria-prima foi comercializada em US$ 317,20 a tonelada.

Isso representa uma alta de 3,20 dólares no comparativo com os preços de segunda-feira. O vencimento dezembro/19 foi fechado em US$ 326,60 a tonelada, alta de 2,80 dólares.

Nos demais lotes a alta oscilou entre 2,30 e 2,50 dólares.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui