Compartilhar

Nessa segunda-feira (19) os contratos futuros do açúcar desvalorizaram nas bolsas internacionais. Em Nova York, o lote para outubro/19 foi firmado em 11.47 centavos de dólar por libra-peso, queda de 17 pontos.

O vencimento para março/20 fechou em 12.54 centavos de dólar por libra-peso, recuo de 15 pontos.

Em Londres, os contratos para outubro/19 fecharam em US$ 310,40 a tonelada, queda de 3,70 dólares. O lote para dezembro/19 foi firmado em US$ 320,10 a tonelada, queda de 3,40 a tonelada. Os demais contratos desvalorizaram entre 2,70 a 3,50 dólares.

Mercado doméstico

Em São Paulo, o indicador diário do açúcar cristal Cepea/Esalq alta de 0,63%, quando comparado à véspera e fechou em R$ 60,25 a saca de 50 kg. De acordo com o Cepea, o mercado paulista se manteve em elevação na semana passada.
A média foi de R$ 60,12/saca de 50 kg de 12 a 16 de agosto, aumento de 0,95% em relação à de 5 a 9 de agosto (R$ 59,55/saca de 50 kg). Segundo pesquisadores do Cepea, de maneira geral, as usinas diminuíram o volume do açúcar cristal ofertado ao mesmo tempo em que compradores restringiram as quantidades demandadas, o que diminuiu a liquidez no mercado.

Cadastre-se em nossa newsletter