Dicas e novidades

CURSO ONLINE DE MAPEAMENTO AÉREO COM DJI PHANTOM

O Curso Online de Mapeamento Aéreo com Phantom, criado pelos Engenheiros especialistas da Droneng, empresa Top of Mind do setor em 2017, oferece experiência presencial em uma plataforma online e é direcionado para iniciantes ou profissionais que pretendem adquirir ou implementar a tecnologia dos drones e que querem aprimorar os seus serviços.

De acordo com a Droneng, os drones da DJI são ideais para começar nesse mercado, por isso, o curso foca em oferecer suporte completo para que o usuário seja capaz de gerar produtos cartográficos de alta qualidade com esse equipamento. São 25 módulos, 67 aulas e 17 horas de duração. O curso fornece certificado de conclusão.

O aluno pode assistir as aulas de acordo com seus horários livres e no conforto da sua casa. Além disso, caso surja alguma dúvida, tem a oportunidade de assistir a aula novamente e enviar dúvidas aos professores diretamente pela plataforma, com a opção de se relacionar com os outros alunos através do fórum, fazendo um networking de alta qualidade.

IAC DIVULGA DADOS DO SEGUNDO CENSO NACIONAL DE VARIEDADES DE CANA-DE-AÇÚCAR

O IAC (Instituto Agronômico), de Campinas, divulgou os dados do segundo censo nacional de variedades de cana-de-açúcar realizado pelo IAC e que constitui o maior levantamento sobre uso de variedades da cultura no Brasil. Os dados mostram uma redução na concentração varietal – de 77,0% para 75,1% – indicando que as empresas passaram a se preocupar com esse aspecto.

De acordo com a entidade, esse resultado é positivo para o setor sucroenergético brasileiro por proporcionar maior segurança biológica frente ao surgimento de novas pragas e doenças. Porém, ainda é grande a concentração da variedade RB 867515, o que pode colocar em risco a canavicultura de alguns estados, como Paraná e Espírito Santo. As variedades IAC representam 3,5% em todo o censo e 6% das intenções de plantio para a próxima safra. O IAC fez também o levantamento dessas intenções para cerca de 700 mil ha dentro de aproximadamente 1 milhão de ha que serão plantados em 2018/19.

FMC LANÇA FUNGICIDA PARA CANA-DE-AÇÚCAR

A FMC Agricultural Solutions anunciou para o setor sucroenergético o lançamento do Authority, fungicida que faz parte da Solução Combinada FMC, com o objetivo de manter a plantação mais forte e livre de doenças. De acordo com a empresa, o alto desempenho de Authority ocorre devido a sua sistemicidade, que promove maior distribuição do produto nas folhas e rápida penetração, proporcionando menor risco de perdas pela ação da chuva. Além disso, sua formulação garante a sinergia entre os ingredientes ativos.

Authority é um fungicida efetivo contra a podridão abacaxi e ferrugem alaranjada, além de conter todas as características para ser usado na cultura da cana. “Os canaviais que utilizarem o produto irão ganhar biomassa e energia. O intuito com esse lançamento é apresentar ao setor uma opção eficiente e economicamente viável para o manejo de seus canaviais”, destaca o gerente de Fungicidas FMC, Adriano Roland.

O novo fungicida é um produto consolidado da FMC e possui registro para uso nos principais cultivos extensivos como milho, café, trigo e algodão. “Resolvemos ampliar seu registro, pois entendemos que seus benefícios são únicos para levar o canavial a um novo patamar de produtividade e qualidade” comenta Roland.

KOPPERT E BUG CRIAM A MAIOR EMPRESA DE CONTROLE BIOLÓGICO DA AMÉRICA LATINA

A holandesa Koppert Biological Systems anunciou, no dia 15 de dezembro, o fechamento do acordo de compra da BUG Agentes Biológicos, empresa brasileira também especializada na produção e comercialização de agentes de Controle Biológico de pragas agrícolas. Ambas as empresas, sediadas em Piracicaba, SP, se caracterizam pela vanguarda mundial deste segmento da Biotecnologia, que cresce em média 20% ao ano no Brasil.

A compra da BUG pela Koppert foi selada com a presença em São Paulo, SP, do presidente mundial da empresa holandesa, Paul Koppert. “A aquisição representa um importante passo para o grupo Koppert, especialmente fortalecendo nossa posição em macroorganismos no Brasil”, explicou. Para o diretor comercial da Koppert do Brasil, Gustavo Herrmann, “é um desafio motivador criar novos conceitos de comercialização e demonstração de resultados de defensivos macrobiológicos no mercado nacional. Com a BUG, nossa empresa ganha a expertise necessária para tal empreitada”.

O diretor industrial da Koppert do Brasil, Danilo Pedrazzoli, afirma que a aquisição representa a expansão de um negócio com alto potencial no mercado de Controle Biológico tropical, onde serão aplicados os conhecimentos adquiridos pela Koppert nos últimos 50 anos e todo o seu DNA na produção em larga escala de macroorganismos.