Compartilhar

O preço do diesel acaba de alcançar a média nacional acima de R$ 5,00. Nos primeiros dias de outubro, o combustível registrou alta de 5,55%, em relação ao fechamento de setembro, e foi encontrado a R$ 5,203 nos postos. Quando a média é comparada com o valor de outubro de 2020, o avanço chega a 41%. O diesel S-10 apresentou alta de 5,42%, vendido a R$ 5,253, de acordo com o último levantamento do Índice de Preços Ticket Log (IPTL).

“O preço do diesel vem de forma consecutiva avançando em todo o território nacional, e fica evidente com a nova alta o impacto do mais recente reajuste nas refinarias anunciado no final do mês de setembro”, explica Douglas Pina, Head de Mercado Urbano da Edenred Brasil. 

O reflexo de alta também foi identificado em todas as regiões brasileiras, com o diesel comum como o tipo S-10 apresentando variações acima de 5%, no comparativo com o fechamento de setembro. No Centro-Oeste foi registrada a alta mais significativa, de 5,66% para o diesel comum, e na Região Nordeste, de 5,56% para o tipo S-10.

De forma consecutiva, a Região Norte concentra os preços médios mais elevados, onde o diesel comum esteve a R$ 5,415, e o diesel S-10, a R$ 5,469. No Sul, os valores mais baixos por litro foram registrados: o tipo comum foi comercializado a R$ 4,799, e o tipo S-10, a R$ 4,836.

O Acre permanece no topo do ranking nacional do diesel comum e tipo S-10, mais caros do País, comercializados a R$ 5,932 e R$ 5,954, respectivamente. No Paraná estão os menores valores registrados pelos postos, a R$ 4,753, o tipo comum e R$ 4,786 o S-10. 

Cadastre-se em nossa newsletter