Fórum – Quando as usinas do Centro-Sul devem começar a sua safra?

Alisson Henrique
Natália Cherubin

OITO UNIDADES INICIAM EM MARÇO

“A Atvos dará início à safra 2018/19 no mês de março. Cada uma das oito unidades agroindustriais em operação, nos Estados de São Paulo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás, iniciará a produção a partir de uma data, respeitando o ciclo de crescimento do canavial e nosso plano de safra. A empresa vem desempenhando um importante papel no agronegócio brasileiro e nas comunidades em que está inserida. Em julho de 2017, a Atvos completou dez anos como a 2ª maior produtora de etanol e energia elétrica a partir de biomassa do Brasil e a 3ª maior em moagem. Para a safra 2018/19, a Atvos projeta a moagem de 29,2 milhões de t de cana, com a produção de 2 bilhões de l de etanol, 590 mil t de açúcar VHP e a exportação de 2,2 mil GWh de energia elétrica a partir da biomassa.”
Celso Ferreira, vice-presidente de Operações e Engenharia da Atvos

SEGUNDA QUINZENA DE ABRIL
“Começaremos a moagem da Usina Pitangueiras no mês de abril. Quase sempre começamos na segunda quinzena, pois a cana já está com um pouco mais de ATR. Além disso, fazemos assim para evitarmos de levar a safra para novembro, mês que chove muito e que causa aumento nos nossos custos de processamento da cana e queda brusca do ATR.”

João Henrique de Andrade, diretor Industrial da Usina Pitangueiras

Fórum - Quando as usinas do Centro-Sul devem começar a sua safra?COMO DE COSTUME

“As usinas devem iniciar a safra no início de março. Estimo queda na produção comparada a safra de 2017. Um dos motivos é que a cana plantada entre março/abril sofreu com 90 a 110 dias de seca, o que comprometeu o canavial. Vários episódios de incêndios nos canaviais (espontâneos e outros criminosos) também ocorreram. Além disso, como a cana não cresceu adequadamente, não fechou o “canopy” (área verde), permitindo o aumento de incidência de plantas daninhas, pragas e doenças. Também tivemos uma menor renovação do canavial. Sendo assim, acredito que a safra do Centro-Sul não deva ultrapassar 585 milhões de t.”
Marco Lorenzzo Cunali Ripoli, executivo e empreendedor

Fórum - Quando as usinas do Centro-Sul devem começar a sua safra?

DOIS DE ABRIL

“Na Viralcool, unidade Pitangueiras, estamos querendo iniciar a safra no dia 02/04/2018. Esperamos um aumento de 7% na moagem, pois os nossos canaviais estão com muito vigor. Se continuar chovendo, teremos uma boa produção na próxima safra.”
Antonio Carlos Teixeira, téc-nico Agrícola da Viralcool – Pitangueiras

Fórum - Quando as usinas do Centro-Sul devem começar a sua safra?

EM MARÇO

“Na próxima safra, devido ao planejamento agrícola, que contempla o uso correto de variedades, idade adequada dos canaviais e a utilização de maturadores, a colheita na Biosev começará no mês de março.”

Ricardo Lopes, diretor de Operações da Biosev

INÍCIO DE ABRIL

Fórum - Quando as usinas do Centro-Sul devem começar a sua safra?“Iremos começar a safra 2018/19 no início de abril nas duas unidades: Jalles Machado e Otávio Lage. Este ano processamos 4,3 milhões de t de cana. A nossa expectativa para a próxima safra é de quase 4,7 milhões de t. Estamos muito otimistas e animados para 2018. A nossa produtividade média também deve aumentar de 83 t/ha para 87 t/ha. Contamos mais uma vez com o empenho de toda a nossa equipe para podermos alcançar bons resultados para todos.”

Otávio Lage de Siqueira Filho, diretor-presidente do Grupo Jalles Machado

 

 
Fórum - Quando as usinas do Centro-Sul devem começar a sua safra?

IGUAL A 2017

“A safra 2017/18 da USJ terminou no início de dezembro e temos previsão para iniciar o próximo ciclo no dia 19 de março. Em 2017 também começamos próximos desta data e como temos boas perspectivas para o etanol e um pouco mais de cana, vamos começar em março, quando já temos um canavial pronto para a colheita. A expectativa é de moer em torno de 3,3 milhões de t, mas tudo vai depender do clima do início do ano, quando teremos o máximo de potencial de crescimento do canavial.”
Humberto Carrara, diretor Agro-industrial da USJ (Usina São João de Araras)

PRIMEIRO DE ABRIL

“Para a Diana Bioenergia a safra 2018/19 se iniciará no dia primeiro de abril. Com 239 dias totais de safra, pretendemos moer 1,46 milhão de t de cana, sendo 887 mil de cana própria, 500 mil de fornecedores contratados (Consecana) e 80 mil de cana spot à serem adquiridas durante a safra. Estamos esperando um TCH de cana própria de 77,05 t/ha e ATR de 121,33 kg, números muito conservadores. Deveremos produzir 104 mil t de açúcar VHP, 16.122 m3 de etanol anidro e 27.995 m3 de hidratado. Estamos renovando 18% do canavial próprio e principalmente nos plantios novos estamos praticando bastante agricultura de precisão, com tipificação do solo, nutrientes, análise do canavial via satélite e dos plantios via drones, GPS, piloto automático e fazemos uso de software de fila única no CTT. Também investimos em plantios com uso de MPB (mudas pré-brotadas) da Syngenta, Rides e CTC, conforme um manejo varietal apropriado para nossos solos e safra. A Companhia se estruturou fazendo um planejamento conservador para o período de cinco anos (2018 até 2022), com ajustes e correção de rota quando necessário. Dentro desse planejamento conservador vamos atingir a capacidade plena de moagem de 1,6 milhão de t apenas na safra 2019/20.”
Wilson Agapito, gerente de Moto-mecanização da Usina Santa Isabel

PRIMEIRA QUINZENA DE ABRIL

Fórum - Quando as usinas do Centro-Sul devem começar a sua safra?

“A safra 2017/18 da Usina Santa Isabel terminou na primeira quinzena do mês de dezembro por conta das chuvas. A meta é iniciar a safra 2018/19 até o dia 10 de abril. O período de início da unidade faz parte do próprio ciclo da usina, que planta 11 mil ha. Apesar da pequena queda da safra anterior, a seguinte promete. Estamos tomando algumas medidas de prevenção contra pragas e doenças, e implementando operações agrícolas para melhorar a condição de fertilidade do canavial. Fizemos também um bom trabalho de nutrição. Tudo isso deve nos levar a uma maior produtividade em 2018. Em 2017 fechamos com 82 t por ha e no ano que vem a ideia é subir para 85 t por ha.”
Ricardo Junqueira, CEO da Diana Bioenergia

Fórum - Quando as usinas do Centro-Sul devem começar a sua safra?