Compartilhar

Na noite do último sábado (19) um incêndio criminoso de grandes proporções devastou 7,14 hectares de cana-de-açúcar da Agrovale, em Juazeiro, BA. A área atingida pelo fogo fica no lote 12 do Campo São Carlos, uma das partes do canavial mais próximas das cidades de Juazeiro e Petrolina, PE.

A direção da empresa tomou uma série de providências logo que detectou o sinistro e após o registro de um Boletim de Ocorrência (BO), junto à delegacia de Polícia Civil, em Juazeiro, informou o ocorrido também aos órgãos ambientais de competência, INEMA e o IBAMA.

LEIA TAMBÉM:

Biomassa da cana vende mais energia que a fotovoltaica

Açúcar: contratos futuros do açúcar fecham a semana sem tendência definida

A Agrovale lamenta pelos transtornos causados à população em virtude da ação criminosa de terceiros e informa que o lote 12 do Campo São Carlos faz parte da área onde a empresa utiliza apenas o corte mecanizado que dispensa a queima da cana-de-açúcar.

Informando ainda que está fazendo o levantamento dos prejuízos com o incêndio criminoso, a Agrovale comunica que além de cumprir todo o regramento jurídico/ambiental imposto pelos órgãos competentes vem realizando investimentos contínuos, visando a melhoria dos processos, com a adoção de medidas técnicas e de responsabilidade econômica, social e de sustentabilidade ambiental.

Cadastre-se em nossa newsletter