Compartilhar

A Índia deve produzir 30,2 milhões de toneladas de açúcar na temporada global 2020/21, informou a Associação Indiana das Usinas de Açúcar (Isma, na sigla em inglês) em sua segunda estimativa para a produção. O volume é 2,58% menor do que os 31 milhões de toneladas previstos na primeira estimativa, em outubro. A Índia é o segundo maior produtor mundial da commodity, atrás apenas do Brasil.

A associação revisou para baixo as projeções dos dois principais estados produtores. Em Uttar Pradesh, a estimativa caiu de 12,45 milhões de toneladas em outubro para 10,5 milhões de toneladas. Entre os motivos estão o menor rendimento das lavouras e o fato de uma maior parcela da cana ser dedicada a outros usos, como a produção de etanol. Em Maharashtra, a estimativa caiu de 10,8 milhões de toneladas para 10,54 milhões de toneladas.

A projeção de estoques finais em 30 de setembro de 2021, quando termina a safra, é de 8,9 milhões de toneladas, contra 10,7 milhões de toneladas um ano antes.

Cadastre-se em nossa newsletter