Compartilhar

A cidade de Maceió será sede da primeira Central Sucroenergética do Nordeste. A decisão foi tomada pelos presidentes das usinas Coaf, Pindorama, CooafSul e Copervales durante encontro de planejamento e formatação do estatuto do empreendimento, formado exclusivamente por fornecedores independentes de cana.

Antes da inauguração prevista para a safra deste ano, os dirigentes conhecerão experiências consolidadas nos estados de Minas Gerais e Santa Catarina

Na última quinta-feira (15) e sexta-feira (16), na sede da usina Pindorama, em Coruripe,AL, os presidentes das usinas Coaf (Timbaúba/PE), Pindorama, CooafSul (Ribeirão/PE) e Copervales (Atalaia/AL) avançaram em mais uma etapa decisiva para a consolidação da 1° central sucroenergética cooperativada do Nordeste do Brasil.

Os termos do estatuto social da entidade foram definidos. Também foi escolhido Maceió como o local da sede do conglomerado que prevê um faturamento de R$ 1 bilhão já na primeira safra, a começar no final de agosto.

O imóvel e bairro onde funcionará a sede do empreendimento já está sendo analisado. O estatuto está sendo formatado pelos consultores da Organização das Cooperativas do Brasil (OCB), com base nas deliberações dos dirigentes das usinas nos últimos dias.

Antes, porém, os dirigentes e consultores estarão conhecendo cooperativas em MG e SC, com experiências neste tipo de negócios para assim concretizar o modelo administrativo e comercial.

Cadastre-se em nossa newsletter