Compartilhar

Uma nova usina para fabricação de etanol de milho entrou em operação nesta quarta-feira, 26. Trata-se de uma unidade da Inpasa Brasil, localizada em Nova Mutum (MT), com capacidade de produção de 890 m³ de etanol hidratado por dia. De acordo com a empresa, a planta vai gerar 275 empregos diretos e ao menos o triplo de vagas indiretas.

Foto: Unem/divulgação
Foto: Unem/divulgação

De acordo com informações da União Nacional do Etanol de Milho (Unem), a usina recebeu investimento de R$ 550 milhões e movimentou cerca de 2 mil empregos durante as obras. A unidade em Nova Mutum é a segunda Inpasa em Mato Grosso – a outra indústria está localizada em Sinop, com produção de 560 milhões de litros de etanol de milho ao ano.

Além do etanol hidratado a partir de milho, a usina produzirá óleo de milho e DDG – farelo proteico produzido a partir da destilação dos grãos.

De acordo com a Unem, com a entrada em operação da unidade da Inpasa em Nova Mutum, o Brasil passa a ter 16 usinas de etanol de milho em funcionamento. A entidade projeta que no ciclo 2020/2021 sejam produzidos 2,5 bilhões de litros do biocombustível a partir do cereal.

“Mesmo com a retração de demanda por combustíveis causada pela pandemia, a produção de etanol de milho cresceu 93% de janeiro a julho de 2020 em relação ao mesmo período de 2019. Com a entrada em operação de quatro unidades ao longo deste ano, o setor ampliará sua capacidade instalada em mais de 1 bilhão de litros”, afirma o presidente da Unem, Guilherme Nolasco.

Até o final do ano, há a previsão de mais duas indústrias começarem suas atividades, com capacidade para produzirem juntas 200 milhões de litros/ano, informa a Unem.

Cadastre-se em nossa newsletter