Compartilhar

Os contratos futuros do açúcar fecharam em alta ontem (20) na ICE de Nova York. Os lotes com vencimento julho/21 foram contratados a 17,04 centavos de dólar por libra-peso, variação positiva de 9 pontos no comparativo com a véspera. Já a tela outubro/21 fechou valorizada 7 pontos, negociada em 17,17 cts/lb. Os demais contratos subiram entre 5 e 7 pontos, com exceção do contrato maio/23 que fechou estável em 14,96 cts/lb.

Segundo operadores ouvidos pela Reuters, o mercado está bem suprido e não deve haver escassez no curto prazo. “Eles não descartaram a possibilidade de vendas por especuladores em caso de reversão do ambiente macroeconômico positivo”, destacaram.

A Reuters trouxe ainda a informação de que a Índia reduziu nesta quinta-feira os subsídios às exportações de açúcar para a atual temporada em 31,4%, conforme decreto do governo. O ano comercial vai até 30 de setembro.

Açúcar branco

Em Londres o açúcar branco fechou misto nesta quinta. No vencimento agosto/21, a commodity foi comercializada em US$ 453,40 a tonelada, pequena variação negativa de 10 cents de dólar. As telas outubro e dezembro de 2021 e março/22, subiram, respectivamente, 50, 20 e 30 cents de dólar. Os demais contratos desvalorizaram entre 10 e 20 cents de dólar.

Açúcar cristal

No mercado doméstico o açúcar cristal fechou em alta ontem, segundo o Indicador Cepea/Esalq, da USP. A saca de 50 quilos foi negociada em R$ 115,10, contra R$ 114,49 da véspera, valorização de 0,53% no comparativo.

Cadastre-se em nossa newsletter