Compartilhar

Sergipe apresentou um crescimento de 19,6% na geração de empregos no agronegócio em setembro deste ano, isso em comparação ao mesmo período do ano passado. A informação é do último levantamento de dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado pelo Ministério do Trabalho e Previdência

Em setembro de 2020, a agropecuária do estado apresentou um saldo total de 654 empregos, enquanto no mesmo período deste ano, foram somados 1.589 novos postos de trabalho, ficando atrás apenas de Pernambuco e do Rio Grande do Norte.

Do total de novas vagas, 90% foram geradas no cultivo de cana-de-açúcar. “Sergipe ocupou o terceiro lugar do Brasil, na geração de novos postos de trabalho em setembro e no acumulado deste ano já apresentou o maior crescimento entre todos os setores. O agro não parou e vem mostrando resultados positivos”, explique o presidente da Federação de Agricultura e Pecuária do Estado de Sergipe (Faese), Ivan Sobral.

Dados do Cageb colocam o setor agropecuário como o que mais cresceu no acumulado de janeiro a setembro de 2021, em Sergipe.

Cadastre-se em nossa newsletter