Compartilhar

Conforme edital, publicado no último dia 09 de fevereiro, as propostas para aquisição da Usina São Fernando precisam ser protocoladas no cartório de Dourados-MS até esta sexta-feira (26/02/2021).

A Usina São Fernando possui a capacidade instalada para moagem de 4,5 milhões de tonelada de cana-de-açúcar por safra e capacidade de produção de 330 mil toneladas de açúcar e 150 mil m³ de etanol anidro.

A São Fernando foi inaugurada em 2009, na época um dos maiores projetos de produção de açúcar e etanol do país. Em 2013 a empresa entrou em recuperação judicial. E quatro anos mais tarde teve sua falência decretada.

Crédito: Usina São Fernando Teaser (Datagro/Agriplanning)

A Massa Falida da Usina São Fernando é um dos poucos sistemas de falência em continuidade. A administração da Vinicius Coutinho Consultoria e Perícia moeu 1 milhão de toneladas no ano passado e planeja moer 600 mil toneladas nesta safra.

Como fazer a proposta?

De acordo com a Agriplanning e a Datagro, envolvidas na venda dos ativos da São Fernando,  as propostas deverão ser enviadas pelo correio, por escrito e em envelope lacrado, via SEDEX, ou apresentadas diretamente ao Cartório da 5ª Vara Cível da Comarca de Dourados/MS (Avenida Presidente Vargas, nº 210, Jardim América, Dourados-MS, CEP 79.807-030) até 26 de fevereiro de 2021, próxima sexta-feira.

“Caso a proposta e compra da Usina São Fernando seja encaminhada pelo correio, via SEDEX, para os fins de cumprimento de prazo, será considerada a data da postagem. Caso a proposta encaminhada pelo correio, via SEDEX, não seja recebida pelo Cartório até a hora marcada para abertura das propostas, a mesma será desconsiderada”, afirmam em nota as comercializadoras.

A proposta para compra da usina São Fernando obrigatoriamente deverá conter: o Valor Presente Líquido (VPL), utilizando a TLP (taxa de longo prazo) do BNDES como índice de desconto para cálculo; a quantidade de parcelas; eventual prazo de carência; discriminação das garantias; demonstração de capacidade financeira; e, demonstração do know how para gerir tal ramo de atividade.

Ainda de acordo com as comercializadoras, as propostas para pagamento à vista dispensam as exigências anteriores. Não serão aceitas propostas com VPL inferior ao valor mínimo de mercado: de R$ 200 milhões de reais.

Veja mais informações aqui.

Cadastre-se em nossa newsletter