Compartilhar

Consumidores organizam manifesto para o próximo fim de semana contra os preços praticados pelos postos de combustíveis na cidade. A manifestação está marcada para sair às 18h de sábado (17) da praça da Abadia e, em carreata, percorrer vários postos da cidade fazendo abastecimentos com valores ínfimos. Segundo os organizadores, o objetivo é sensibilizar os empresários da cidade a baixarem o preço dos combustíveis.

Com o objetivo de atrair mais pessoas para a manifestação, o caminhoneiro e um dos organizadores do evento, Hilton dos Santos, criou um grupo na internet que, até o fechamento desta reportagem, contava com mais de 260 participantes. Ao Jornal da Manhã, Hilton destaca a diferença nos preços praticados na cidade em comparação com a região. “Uberlândia, que é uma cidade a 100km daqui, tem os preços bem mais em conta do que os praticados em Uberaba. Queremos que os donos de postos baixem o preço, porque isso é um roubo ao consumidor. Não tem condições de ficar esse preço aqui”.

Na passeata, os consumidores pretendem abastecer entre R$0,01 e R$0,50, pagar com cartão e exigir a impressão de nota fiscal. “Esse valor não paga nem a impressão da nota. Queremos mostrar a nossa indignação com os preços e contamos com o apoio de toda a comunidade”, reforça. O grupo também planeja outra manifestação para o domingo (18), mas ainda não há nada definido.

Levantamento feito no início da semana pelo JM indicou que em Uberlândia o preço do litro da gasolina varia entre R$3,59 e R$3,88. Já o valor da comercialização do litro do etanol varia de R$2,59 a R$2,85. Na cidade de Igarapava, interior de São Paulo, o preço do litro da gasolina varia de R$3,59 a R$3,89, enquanto o valor do litro do etanol está oscilando entre R$2,64 e R$2,73.

(Fonte: Jornal da Manhã)

Cadastre-se em nossa newsletter