Compartilhar

O granadense Anderson Pereira Cardoso, de 33 anos, morreu eletrocutado na noite da última segunda-feira, 12 de março, após o caminhão em que ele trabalhava tocar em uma rede de alta-tensão.

De acordo com a Polícia Militar, por volta das 22 horas, o veículo em que ele estava trabalhando, na Usina Guarani, tocou na rede elétrica e o motorista acabou sendo eletrocutado. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu.

Anderson era casado e deixa uma filha de 7 meses. 

Fonte/ Jornal Noroeste News

Cadastre-se em nossa newsletter