Açúcar registra nona valorização consecutiva em NY

O açúcar completou o nono pregão consecutivo de valorização em Nova York, nesta terça-feira (9). Os contratos futuros da commodity para março/19 foram firmados em 12.97 centavos de dólar por libra-peso, alta de 3 pontos. Na tela maio/19 os papéis fecharam em 13.13 centavos de dólar por libra-peso, alta de 6 pontos. Os demais vencimentos valorizaram entre 7 e 14 pontos.

Na bolsa de Londres, os contratos para dezembro/18 fecharam em US$ 353,40 a tonelada, alta de 3,20 dólares. Os contratos futuros para março/19 foram firmados em US$ 356,70 a tonelada, valorização de 2,80 dólares.

O jornal Valor Econômico publicou nesta quarta-feira uma análise da Archer Consulting que atribui a recuperação da commodity a alguns fatores, entre eles a queda na produção brasileira, a alta do petróleo e a queda do dólar ante o real.

São Paulo

O indicador Cepea/Esalq para o açúcar cristal, estado de São Paulo, fechou praticamente estável em R$ 63,27/saca de 50 kg, valorizando 0,24%. Até o momento, no acumulado do mês de outubro, o adoçante acumula valorização de 1,02%.

Etanol

Pelo índice Esalq/BM&F o etanol hidratado fechou em alta nessa terça-feira. O metro cúbico do biocombustível foi vendido a R$ 1.893,50, alta de 0,11% no comparativo com o dia anterior. Esta é a nona valorização consecutiva do biocombustível.

Fonte: Agência UDOP de Notícias