Compartilhar
A compra da Biosev (BSEV3) pela Raízen, anunciada em fevereiro, está perto de mais um passo decisivo. A Biosev convocou, para 8 de abril, uma assembleia geral de acionistas para discutir a incorporação de suas ações pela Hédera, holding que a controla, com o objetivo de simplificar a estrutura societária e avançar em seu processo de união à Raízen.

A Biosev propõe que cada ação de sua titularidade seja trocada por uma ação da Hédera. Assim, seus atuais acionistas migrariam para a holding sem terem sua participação diluída.

A Hédera detém 79,44% do capital da Biosev. Outros 14,57% pertencem à Sugar Holdings BV. Assim, as ações em circulação no mercado representam apenas 5,99% de seu capital.

Na semana passada, o Cade deu sua aprovação final para que a compra da Biosev pela Raízen siga em frente. O órgão antitruste não impôs nenhuma restrição ao acordo.

Veja o fato relevante da Biosev, com os termos propostas para a incorporação das ações.

Cadastre-se em nossa newsletter