Açúcar: contratos futuros encerram a semana em alta

Na sexta-feira (4) os contratos futuros do açúcar fecharam valorizados nas bolsas internacionais.

Em Nova York, o lote para março/20 subiu 2 pontos e fechou 12.76 centavos de dólar por libra-peso.

Na tela para maio/20 os papéis ficaram em 12.89 centavos de dólar por libra-peso, alta também de 2 pontos. Os outros vencimentos subiram entre 3 e 18 pontos.

“Um trader baseado em São Paulo sugere que a alta do açúcar recente se assemelha a uma fadiga de material.

Em outras palavras, um fenômeno de ruptura progressiva depois de o mercado ter passado por ciclos repetidos de tensão ou deformação (leia-se preços baixos nem sempre validados pelos fundamentos).

No contraponto, um colega de mesa acredita que a alta foi simplesmente causada por compras de sistema, ou seja, robôs, algoritmos e outros não-humanos”, explica o diretor da Archer Consulting, Arnaldo Luiz Corrêa.

Em Londres os contratos para dezembro/19 fecharam em US$ 345,50 a tonelada, alta de 4,90 dólares.

O vencimento futuro para março/20 fechou em US$ 344,50 a tonelada, alta de 2,40 dólares. Os outros contratos fecharam valorizados entre 1 e 1,90 dólar.

Mercado doméstico

Na sexta-feira, o indicador diário Cepea/Esalq para açúcar cristal fechou em R$ 64,64 a saca de 50 kg, alta de 0,22% comparado ao dia anterior.

Mas.