Cana: qualidade da matéria-prima apresenta queda

De acordo com dados revelados no relatório quinzenal da Única (União da Indústria de Cana-de-açúcar nos últimos 15 dias de junho, a quantidade de Açúcares Totais Recuperáveis (ATR) atingiu 134,50 kg por tonelada de cana-de-açúcar, contra 139,84 kg na mesma quinzena de 2018.

No acumulado desde o início da safra 2019/2020, a concentração de ATR foi inferior em quase 5 kg quando comparada ao valor apurado para o mesmo período do ciclo passado (124,08 kg de ATR por tonelada este ano, ante 129,00 kg de ATR por tonelada em 2018/2019).

O volume de cana-de-açúcar processado pelas unidades produtoras da região Centro-Sul atingiu 46,08 milhões de t na segunda metade de junho, ligeiramente acima das 45,54 milhões de toneladas registradas na mesma quinzena de 2018.

No acumulado desde o início da atual safra até 1º de julho, a moagem somou 216,88 milhões de toneladas, queda de 3,02% sobre as 223,65 milhões de toneladas observadas em igual período do ano passado.

“Em relação ao impacto das geadas sobre a oferta de cana-de-açúcar a ser colhida nas próximas quinzenas, ainda precisamos de um mapeamento detalhado sobre o fenômeno para quantificar os prejuízos”, explica Antonio de Padua Rodrigues, diretor técnico da UNICA.