Em encontro com Mourão, ex-usineiro defende importância do setor sucroenergético

Em evento realizado na última quinta-feira (19/09), o ex-usineiro Maurílio Biagi Filho, CEO do Grupo Maubisa, aproveitou o encontro com o vice-presidente General Hamilton Mourão para defender a importância de uma melhor comunicação entre a presidência e o agronegócio, especialmente com o setor sucroenergético.

O encontro aconteceu durante o Agenda Brasil 2019, evento promovido pelo Portal Money Report, no Hotel Unique, em São Paulo para um seleto grupo de empresários e que contou com um Talk-show com o vice-presidente, mediado pelo jornalista Aluizio Falcão Filho, fundador do Portal.

Leia também

2019 tem recorde de usinas com pedido de recuperação judicial

Biocombustíveis no Brasil, o Renovabio e as mudanças climáticas

O vice-presidente abordou vários assuntos de relevância para o Brasil e entre os temas abordados, destacou a sustentabilidade no Agronegócio Brasileiro e sua importância para a economia do País, assunto que ganhou espaço na mídia nos últimos meses, principalmente após o episódio das queimadas na Amazônia e dos ruídos nas relações internacionais com alguns países.

Após o encerramento do evento, o ex-usineiro e outros quatro empresários foram convidados para um almoço com o vice-presidente, no qual puderam expor suas ideias sobre o momento atual do Brasil e cobrar algumas atitudes que julgam importantes para alavancar o desenvolvimento da economia.

Biagi Filho afirmou que o general é uma pessoa extremamente pragmática e ponderada. “Particularmente, aproveitei a oportunidade para falar da importância do setor de agronegócios, especialmente do sucroenergético, já que exatamente neste dia comemoramos 40 anos de carro movido a etanol no País.”

O ex-usineiro diz que contou sobre sua participação, e de sua família, na implantação do Proálcool na década de 70 e como a vantagem ambiental e competitiva que o Brasil tem relação aos outros países, com o domínio desta tecnologia que permite uma fonte de energia limpa, tem que ser mais bem explorado pelo Governo.

O empresário disse que é fundamental e urgente que se promova uma forte campanha de comunicação sobre a exemplar sustentabilidade do nosso Agro, que tem um papel fundamental na proteção do meio ambiente no Brasil, que é o país que mais preserva no mundo, e também sugeriu ao vice-presidente que a comunicação oficial seja mais alinhada e organizada para evitar crises desnecessárias que atrapalham o crescimento do País.

“Temos que corrigir muitas desinformações para não virarem verdade. Nunca nenhum governo no Brasil teve um grupo de ministros tão competentes e comprometidos, de nomeação técnica e não política. Nunca se realizou tanto em tão pouco tempo no Brasil. O Presidente Bolsonaro muitas vezes verbaliza de forma conflituosa, gerando polêmicas, mas o saldo da sua realização tem sido sempre positivo. O Brasil tem vantagens extraordinárias, podendo se posicionar de maneira estratégica, revelando aspectos positivos, de maneira inteligente e propositiva. É possível vencer a guerra da comunicação sem entrar em confronto direto”, disse o empresário em encontro.