EUA prepara novo programa de incentivo ao etanol e ao biodiesel

O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) anunciou na última semana o plano de criar um novo programa de estímulo às vendas de biocombustíveis no país por meio de incentivos para a instalação de infraestrutura para a comercialização de combustíveis com misturas maiores de etanol e biodiesel, diz nota do “Valor Econômico”.

O presidente americano Donald Trump permitiu no ano passado a venda de gasolina com 15% de etanol (E15) durante o ano todo. Mas, apesar da liberação, as vendas ainda estão concentradas na mistura de 10% (E10), já que muitos postos de combustível não têm bombas adaptadas ao nível maior de mistura.

A iniciativa é mais uma ação da gestão Trump para agradar os produtores rurais do Meio-Oeste antes das eleições de novembro e após anos de dificuldades econômicas enfrentadas pelo setor com a guerra comercial com a China.