Fora do expediente – As séries de TV que se inspiraram no mundo empresarial e que você não pode perder!

As séries de TV que se inspiraram no mundo empresarial e que você não pode perder!

Seja no Netflix, Youtube ou até mesmo na TV a cabo, o mercado de séries vem crescendo e se tornando mania nos últimos anos. Somente nos Estados Unidos foram produzidas 400 séries no ano passado, número que em 2011 não ultrapassava 200 produções.

Para quem não é antenado neste universo, uma “série de televisão” pode ser ficcional ou documental e ainda possui um número preestabelecido de episódios por temporada. O modelo padrão norte-americano é de cerca de 13 capítulos por cada temporada, que se inicia em um mesmo período todo ano: no outono (primavera, no hemisfério Sul) para grandes estreias, e no verão (midseason que ocorre de janeiro a abril), para estreias menores.

Se a temporada agrada o espectador e traz retorno de audiência para a emissora, é contratada uma nova temporada e são feitas pequenas alterações na trama, a fim de melhorar a aceitação e manter o espectador interessado. Essas mudanças, no entanto, não costumam ser profundas. Se uma temporada não agrada o espectador ou os donos da emissora, a série é cancelada.

Para se ter uma ideia do investimento que tem sido feito neste mercado, segundo o site Adoro Cinema, há séries que chegam a custar cerca de R$ 10 milhões por episódio produzido, gastos com a contratação das estrelas protagonistas das séries, efeitos especiais, direção de arte e figurantes, que são necessários muitas vezes em grande número.

Dentro dos gêneros de ficção científica, romance, drama, comédia, realitiesgames shows, entre outros, um dos temas de destaque é o universo empresarial, que tem inspirado boas séries e que não somente mais entretêm os telespectadores, como também servem como boa fonte de informação e inspiração.

Nós separamos e selecionamos algumas séries de TV que são sucesso de crítica e que, acima de tudo, comprovam que aprender mais sobre a arte do empreendedorismo e sucesso não precisa ser uma tarefa exaustiva.

AS 8 SÉRIES QUE VOCÊ PRECISA ASSISTIR JÁ!

UNDERCOVER BOSS

Quer saber como vai seu negócio? Vá pegar no pesado. A série Undercover Boss, ou Chefe Disfarçado, em português, mostra o quanto isso é importante.

A série convida CEOs (ou outros executivos) de grandes corporações a exercerem funções de um iniciante em sua própria empresa, sem poderem revelar suas identidades. É atendendo no balcão, lavando louça e fazendo entregas que os chefes realmente compreendem o valor do trabalho da linha de frente.

Além de trazer a relevância de “ir para a ponta” e ter a oportunidade de fazer mudanças que reduzam frustrações ou aumentem a eficiência, a série/reality trata também de reconhecimento. No fim das contas, tem gente muito boa fora do seu campo de visão que pode estar salvando a pele da sua empresa e você nem sabe.

SUITS

Harvey Specter, sócio de um poderoso escritório de advocacia, é um personagem problemático, às vezes bastante arrogante, mas que ainda pode nos ensinar muito sobre ser empreendedor. Para alcançar seu sucesso, a sorte teve pouca participação em sua vida.

Ele trabalha incansavelmente, mas também estuda a fundo sua concorrência a cada caso, reconhece a importância de tomar riscos – inclusive toma alguns desnecessários – considera os mais diferentes cenários para seus argumentos e planeja com cautela cada passo de seu ataque ou defesa, o que o permite agir demonstrando sempre muita confiança.

Além disso, Harvey e Mike, o seu protegido, fazem um time altamente complementar e, assim como empreendedores, têm dias bastante turbulentos. A série mostra que não há tempo de lamentar um problema. É preciso simplesmente resolvê-lo.

O SÓCIO

Marcus Lemonis já fez ressurgir das cinzas mais de 100 empresas. Quando não está focado em seu próprio negócio, ele está atrás de oportunidades de investimento.

Na série O Sócio, ele consegue levantar uma empresa por episódio. Como? Ele oferece verba por uma parte de uma empresa que está lutando para sobreviver e então faz de tudo para salvá-la e aumentar seus lucros, mesmo que isso implique em decisões difíceis, como demitir o presidente e assumir as suas funções.

Uma das primeiras e mais marcantes lições da série é manter sempre o equilíbrio entre pessoas, processos e produtos. No site do History Channel você pode encontrar um compilado das lições da série.

SHARK TANK

Imagine ser jogado em um tanque de tubarões? Se você não está preparado, você já era! Shark Tank (Tanque de Tubarões) é uma série estilo game show norte-americana na qual empreendedores são colocados diante de um grupo de grandes empresários investidores e têm que, em um tempo determinado, apresentar suas ideias de negócios a fim de obter o financiamento.

Estes empreendedores, muitas vezes principiantes, têm um tempo limitado para apresentar seu pitch e deixar claras suas intenções, quanto dinheiro precisam e o que oferecem em troca.

Tenha um produto que as pessoas realmente queiram, uma boa história, muita empolgação e algumas noções de negociação e você pode sair com um novo sócio. Por outro lado, a falta de conhecimento sobre seu próprio negócio ou uma frase mal colocada e você pode sair massacrado pelos “tubarões”. O reality show pode te ajudar a saber que números sempre ter em mente, como comunicar sua ideia e ter jogo de cintura com um investidor mais exigente.

BREAKING BAD

Um professor de química, Walter White, descobre que tem uma grave doença e resolve transformar sua vida. Ele usa seus conhecimentos em química para produzir a melhor droga da região. Por mais que se trate de um tema polêmico, a série aborda alguns desafios frequentes para empreendedores, como gestão de qualidade, concorrência, escalabilidade, cadeia produtiva e segredo industrial.

O personagem se mostra capaz de fabricar o melhor produto do mercado, porém, é péssimo em empreender. A maior parte de suas tentativas são frustradas por não saber comercializar adequadamente o produto. Moral da série: não adianta ter o melhor produto, se não souber vender. A série foi sucesso de crítica, público, teve cinco temporadas e é considerada umas das melhores de todos os tempos.

THE OFFICE

É uma comédia que mostra o dia a dia de uma equipe dentro de um escritório. As situações, muitas vezes bizarras, são paródias do que muitos funcionários enfrentam na vida real em suas empresas. A série mostra o que não se deve fazer na rotina de uma empresa.

Apesar de parecerem absurdas ou impossíveis, as situações cômicas mostradas ocorrem com muito mais frequência do que imaginamos. O ponto alto da série é como o exemplo de uma liderança confiável e comprometida pode reunir pessoas tão diferentes em uma única direção.

GIGANTES DA INDÚSTRIA

A série mostra como grandes inventores e empreendedores construíram as maiores indústrias do mundo. Entre os exemplos estão John D. Rockefeller, Andrew Carnegie, J.P. Morgan e Henry Ford.

A série foca na história destes empreendedores audaciosos e inovadores que, em busca do sonho americano, correram riscos imensuráveis e aproveitaram as oportunidades com visão, inovação e engenhosidade.

Gigantes da indústria se trata do período mais inventivo da indústria moderna, com lendários empreendedores que não somente criaram algumas das empresas mais valiosas do mundo moderno, como inovaram em processos e formatos de desenvolvimento, produção e vendas de seus produtos e serviços.

SILICON VALLEY

Silicon Valley é uma comédia, mas seus dilemas seriam bem sérios na vida real. Vender sua ideia de negócio por US$ 10 milhões ou receber um aporte de US$ 200 mil por 5% da empresa? Perder a chance de criar algo que possa te fazer sentir realizado ou assumir o risco de investir tempo e dinheiro por nada?

É nesse contexto que se baseia o primeiro episódio da série, que se passa, no Vale do Silício. Nela, acompanhamos seis jovens programadores com personalidades bem peculiares na construção de um start up de tecnologia, tentando lidar com investidores, se entender em acordo de sociedade, testar suas hipóteses e planejar seu crescimento.