Compartilhar

Após se recuperar da Covid, há quase 3 meses, empresário teve pneumonia e uma broncoaspiração. Essas complicações, segundo o hospital onde ele estava internado, levaram ao óbito.

Trajetória

João Lyra, atuou na política e foi um grande empresário do setor sucroalcooleiro, ele fundou o Grupo João Lyra e presidiu a Laginha Agroindústria S.A., a matriz Usina Laginha, na cidade de União dos Palmares, partir de 1951. Em razão de suas atividades profissionais, presidiu o Sindicato da Indústria do Açúcar do Estado de Alagoas entre 1971 e 1974.

Em mais de 50 anos de vida empresarial, acumulou mais quatro usinas no setor sucroalcooleiro, duas delas na região do Triângulo Mineiro (MG). João Lyra, foi um dos pioneiros na instalação das Usina Trialcool, na cidade de Canápolis, no ano de 1.980 e depois a Usina Vale do Paranaíba, no ano 2.000, sendo essa uma das mais modernas do país na época.

João Lyra foi um grande empresário do setor sucroalcooleiro. Em mais de 50 anos de vida empresarial, acumulou mais quatro usinas no setor sucroalcooleiro.

João Lyra também era bacharel em direito, formado pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal). Na política, lançou sua candidatura ao Senado Federal pelo Partido Democrático Social (PDS) e se elegeu suplente. Ele assumiu o mandato de senador no dia 2 de janeiro de 1989, substituindo o titular, Guilherme Palmeira, que foi eleito prefeito de Maceió.

Em 2002, João Lyra foi candidato a deputado federal pelo PTB e, com uma votação de 112.949 votos, ficou em primeiro lugar dentre as nove vagas em disputa. Nas eleições de 2006, foi candidato pelo PTB ao Governo de Alagoas, ficando em segundo lugar. Nas eleições de 2010, João Lyra foi candidato pela segunda vez para deputado federal pelo PTB, ficando em 4º lugar dentre as nove vagas em disputa.

Cadastre-se em nossa newsletter