Cana: maior grupo do Brasil deve atuar com etanol de milho; entenda

A Raízen deverá participar da logística e comercialização em etanol de milho, cuja produção tem sido crescente no país, mas a companhia não deverá ser uma produtora, afirmou nesta segunda-feira Ricardo Mussa, que será o novo presidente da empresa a partir de abril.

Durante apresentação em reunião de investidores da Cosan, que é uma das donas da Raízen, juntamente com a Shell,.Mussa afirmou que há questões, como investimento e descasamento de preços entre milho e etanol,.que limitam o interesse da empresa no mercado do etanol do cereal.

“Não vejo grandes vantagens para a Raízen estar verticalizada no etanol de milho, mas vamos participar na logística e trading”, declarou ele.

Mas. Desse modo.