Negociação do etanol deve ser o primeiro teste de filho de Bolsonaro na embaixada dos EUA

Se for confirmado embaixador, Eduardo Bolsonaro – filho do presidente Jair Bolsonaro, terá como um dos primeiros testes de fogo a revisão do contrato de fornecimento do etanol americano que abastece o Nordeste.

O Brasil quer aproveitar o vencimento do contrato, em setembro, para renegociar termos e tentar abrir mercado para o açúcar brasileiro.

Uma vez embaixador, dizem nomes fortes do setor do agronegócio, Eduardo terá de aprender que, embora esteja ideologicamente alinhado à política de Donald Trump, Brasil e Estados Unidos são rivais nos negócios. Além do etanol, os países disputam os mercados globais de soja e carne.