Preços do açúcar fecham mistos nas bolsas internacionais

Em um dia de poucos negócios, os contratos futuros do açúcar fecharam mistos na ICE, de Nova York, encerrando o pregão praticamente inalterados, com pequeno viés de baixa. O vencimento março/21 foi firmado nesta terça-feira (22) em 14,54 centavos de dólar por libra-peso, pequena variação positiva de 1 ponto no comparativo com a véspera. Já a tela para maio/21 caiu 4 pontos, firmada em 13,85 cts/lb. Os demais contratos oscilaram entre a estabilidade e queda que variou de 1 a 5 pontos.

Até mesmo rumores de que as refinarias indonésias receberão suas licenças de importação para 2021 foram completamente ignorados, segundo análise da Czarnikow.

Em Londres, o açúcar branco também fechou em alta apenas na primeira tela, com vencimento em março/21, que terminou o pregão firmada em US$ 400,60 a tonelada, alta de 30 cents de dólar no comparativo com os preços de terça-feira. Já a tela para maio/21 foi comercializada em US$ 392,30 a tonelada, baixa de 1 dólar. Os demais contratos caíram entre 1,40 e 1,70 dólar.

Mercado doméstico

No mercado doméstico as vendas de açúcar cristal também foram poucas, segundo o Indicador Cepea/Esalq, da USP. A saca de 50 quilos foi negociada nesta terça-feira em R$ 108,09, alta de 1 centavo de real no comparativo com a véspera.

Cadastre-se em nossa newsletter