Compartilhar

A safra 2017/18 foi oficialmente encerrada em março, quando o Indicador do açúcar cristal CEPEA/ESALQ (cor Icumsa de 130 até 180) teve média de R$ 51,32/saca de 50 kg, a menor das últimas 10 temporadas, em termos reais. O patamar do mês passado não era observado desde dezembro/08, quando a média do Indicador foi de R$ 51,48/saca de 50 kg (valores deflacionados pelo IGP-DI de fevereiro/18).

Segundo pesquisadores do Cepea, o recuo dos preços esteve atrelado à oferta de açúcar, que foi suficiente para atender à demanda nos meses de entressafra. Nas últimas duas semanas, especificamente, os preços do cristal voltaram a subir no mercado spot paulista, influenciados pelo aumento da procura por parte de compradores.

Por enquanto, as usinas do estado de São Paulo que deram início à moagem da cana-de-açúcar da nova safra 2018/19 têm priorizado a produção do etanol. De 26 de março a 2 de abril, o Indicador CEPEA/ESALQ, cor Icumsa de 130 até 180, subiu 2,2%, fechando a R$ 53,48/saca de 50 kg nessa segunda-feira, 2.

Fonte: Cepea

Cadastre-se em nossa newsletter