Compartilhar

Os contratos futuros do açúcar fecharam a quarta-feira (23) em alta nas bolsas internacionais, recuperando parte das perdas acentuadas da sessão de terça. Outro fator que deu sustentação aos preços da commodity foram as altas nas cotações do petróleo e das principais ações globais.

Na ICE, de Nova York, o contrato futuro com vencimento julho/21 foi comercializado a 16,69 centavos de dólar por libra-peso, valorização de 26 pontos no comparativo com a véspera. Já a tela outubro/21 foi contratada a 17,01 cts/lb, alta de 27 pontos. Os demais lotes subiram entre 16 e 26 pontos.

Segundo matéria veiculada pela Agência Reuters, operadores afirmaram que ações nos mercados financeiros mais amplos continuam a direcionar desvalorização do açúcar, apesar da difícil demanda. “Os comentários pacíficos de Jerome Powell ao Congresso ontem tiraram um pouco da tensão da mensagem agressiva do Fed na última quarta-feira. Ventos positivos para os futuros da agricultura e ativos de risco em geral”, afirmou a Peak Trading Research.

Açúcar branco

Em Londres, o açúcar branco também fechou em alta em todos os lotes. O vencimento agosto/21 foi negociado a US$ 423,60 a tonelada, alta de 4,90 dólares no comparativo com os preços de terça-feira. Já a tela outubro/21 foi contratada a US$ 442,00 a tonelada, valorização de 6,70 dólares. Os demais contratos subiram entre 4,10 e 6,30 dólares.

Açúcar cristal

No mercado interno o açúcar cristal fechou com leve baixa nesta quarta-feira, negociado a R$ 115,88 a saca de 50 quilos, baixa de 0,09% no comparativo com a véspera, segundo o Indicador Cepea/Esalq, da USP.

Cadastre-se em nossa newsletter