Chuvas devem atrasar moagem de cana-de-açúcar na Índia

Entre os dias 5 e 11 de setembro, os país registrou volumes maiores de chuva do que o esperado para determinadas regiões do país. Segundo a Consultoria Datagro, o fenômeno acontece devido às monções que se iniciaram em junho de 2019 e têm previsão de término para setembro deste mesmo ano. As monções coincidem com o período da entressafra indiana de cana-de-açúcar.

No acumulado desde o início do mês de junho até 12 de setembro, o acúmulo médio de chuva ficou 8,6% acima da média histórica do período, alcançando 921,34 mm em uma média ponderada pelas principais regiões canavieiras do país.

De acordo a observação feita pelo agrometeorologista da DATAGRO, Felipe Soares, “Ao contrário do que se previa, as monções estão sendo generosas para os canaviais da Índia. Espera-se uma melhora nas condições fisiológicas após um início tardio do período de chuvas. Além disso, as usinas devem atrasar um pouco o início da safra 2019/20 devido a essa recuperação”.

A previsão é que as chuvas irão continuar generosas nas próximas semanas.

Volume de chuvas (períodos)

Acumulado entre 5 e 11 de setembro 2019:

Harchd and Delhi (Observado: 40 mm (-85%); Esperado 26.6 mm), Saurashtra and Kutch (Observado: 152.7 mm (508%); Esperado 21.8 mm), Guajart Region (Observado: 120.3 mm (125%); Esperado 43.8 mm), Vidarbha (Observado: 95 mm (117%); Esperado 43.8 mm), Konkani Goa (Observado: 435 mm (371%); Esperado 92.3 mm), Coastal Karnataka (Observado: 259.1 mm (231%); Esperado 78.2 mm), SI Karnataka (Observado: 55 mm (113%); Esperado 25.8 mm).

Acumulado entre 1/6 e 12/9 de 2019:

Saurashtra and Kutch (Observado: 692.1 mm (48%); Esperado 467.1 mm), Guajart Region (Observado: 1052.1 mm (23%); Esperado 857.5 mm), Vidarbha (Observado: 922.3 mm (6%); Esperado 867.7 mm), Konkani Goa (Observado: 4061.8 mm (51%); Esperado 2690 mm), Coastal Karnataka (Observado: 3626.8 mm (24%); Esperado 2931.3 mm), SI Karnataka (Observado: 711.3 mm (22%); Esperado 582.8 mm).