Mais um grupo sucroalcooleiro pede RJ

Com este pedido, sobe para 23 o número de usinas que protocolaram pedidos de RJ em 2019

0
363
usina itaiquara - tapiratiba
usina itaiquara - tapiratiba
A empresa teria demitido 90 funcionários da unidade de Tapiratiba, SP

Na manhã do último sábado, 12/10, o Grupo Itaiquara, que engloba a Itaiquara Alimentos S.A. e a Usina Açucareira Passos S.A, enviou carta a seus colaboradores para informar o pedido de recuperação judicial perante a Vara Única da Comarca de Caconde, SP.

De acordo com comunicado, assinado por João Guilherme Figueiredo Whitaker
diretor-presidente da Itaiquara Alimentos S.A. e Usina Açucareira Passos S.A, o pedido de RJ é uma das etapas para reestruturação do grupo e que deverá evitar que débitos
antigos e ataques judiciais ao seu patrimônio afetem sua a atividade produtiva.

“Há tempos vocês acompanham e auxiliam nos esforços para enfrentar os desafios
que surgiram a partir da crise que atinge o setor sucroalcooleiro desde 2008,
agravada na safra de 2018, quando o preço do açúcar atingiu os menores preços
em dez anos, comprometendo significativamente a margem de lucro e a situação
de caixa das usinas e, consequentemente, do Grupo Itaiquara”, afirma em carta Whitaker.

De acordo com o diretor-presidente da companhia, a recuperação judicial é a medida mais adequada para garantir a proteção da empresa, de seus integrantes, dos empregos e de seu patrimônio.

Quase 100 funcionários foram demitidos 

Pelo menos 90 trabalhadores rurais da Usina Itaiquara, localizada em Tapiratiba, SP,  foram demitidos na quarta-feira (09). De acordo com informações publicadas pelo Portal da Cidade Guaxupé, o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Tapiratiba, que representa os trabalhadores da usina, informou que o Ministério Público do Trabalho foi acionado para acompanhar o caso.

O presidente do Sindicato José Rovilson afirmou ao Portal que medidas estavam sendo tomadas. “Vamos ficar atentos para que a empresa cumpra as lei e pague as rescisões em até 10 dias. Dois advogados estão dando assistência aos funcionários demitidos.”

Ainda de acordo com Rovilson, a situação financeira da empresa há tempos é conhecida no município. “A gente acredita que essas demissões aconteceram para dar fôlego para a usina. A gente espera que tudo de ajeite, porque a Itaiquara é o coração de Tapiratiba”, disse ao Portal.

Em carta enviada aos funcionários na manhã do sábado, o Whitaker afirmou que a reestruturação não vem sem custos. “Como todos sabem, reduzimos nosso quadro de funcionários recentemente. Foi a medida mais difícil que tivemos que tomar durante o processo de reestruturação, com a consciência de que os funcionários do Grupo Itaiquara são os verdadeiros responsáveis pelo seu sucesso.”

Ele frisou que a medida foi necessária para a readequação do quadro de
funcionários à nova realidade do grupo. “Digo isso para ressaltar que escolhemos
cada um de vocês para continuar conosco nessa próxima etapa do Grupo
Itaiquara, cheia de desafios, os quais, tenho certeza, que todos vocês nos
ajudarão, dia a dia, a superar.”

Reestruturação financeira

Com a protocolação do pedido de RJ, o Grupo Itaiquara espera otimizar e acelerar sua reestruturação financeira. Segundo Whitaker, em comunicado, a partir do deferimento do processo, a negociação dos débitos do grupo se dará de forma coletiva com os credores, sob supervisão e proteção judicial, de forma a garantir mais coordenação, segurança e
transparência nesse processo, assim como mais tempo para que nos dediquemos
às nossas atividades produtivas.

“O nosso objetivo continua sendo o mesmo: a busca de uma solução definitiva e
sustentável para o nosso equilíbrio econômico-financeiro, uma etapa
indispensável para voltarmos a nos dedicar em breve aos nossos planos de
crescimento”, afirmou o diretor-presidente.

O Grupo Itaiquara se comprometeu a desempenhar suas atividades normalmente. “Tenho confiança de que superaremos esta etapa com sucesso, assim como superamos outras dificuldades nos 110 anos de história do Grupo Itaiquara. Contamos com vocês como uma parte indispensável desse processo”, finalizou nota Whitaker.

O Grupo Itaiquara tem duas unidades, uma fundada em 1909 em Tapiratiba, SP e outra em Passos, MG. Com o pedido do Grupo, sobe para 23 o número de unidades com pedido de RJ só em 2019