Preços do açúcar caem mais de 30 pontos em NY

Os preços do açúcar recuaram mais de 30 pontos na bolsa de Nova York, nessa quarta-feira (26). Os contratos com vencimento para março/20 fecharam em 14.79 centavos de dólar por libra-peso, 36 pontos a menos que a véspera. Na tela maio/20 os papéis fecharam em 14.54 centavos de dólar por libra-peso, queda de 20 pontos. Os demais contratos desvalorizaram entre 12 e 15 pontos.

Ontem, os preços do petróleo atingiam o menor valor desde janeiro de 2019. De acordo com a Reuters, “valores mais baixos da energia podem encorajar usinas de cana do Brasil a produzir mais açúcar, e consequentemente menos etanol“. A agência de notícias publicou ainda que “operadores dos mercados de açúcar continuam preocupados com os crescentes déficits para esta temporada e para a próxima, com a produção em queda em países como Tailândia e Índia”.

Em Londres a commodity também fechou no vermelho em todos os lotes da Ice. No vencimento maio/20 a tonelada foi negociada em US$ 405,80, baixa de 6,90 dólares no comparativo com a véspera. Nos demais vencimentos a desvalorização oscilou entre 4,80 e 8,40 dólares a tonelada.

Mercado doméstico

Nessa quarta-feira (26), em São Paulo, a saca de 50 kg de açúcar cristal fechou em R$ 81,09, pelo indicador Cepea/Esalq, da USP. Houve valorização de 0,55% quando comparado ao valor da sexta-feira (21), último valor mensurado devido ao feriado de carnaval.