fbpx
Início Notícias Usina Coruripe passa a integrar maior iniciativa voluntária de sustentabilidade corporativa do...

Usina Coruripe passa a integrar maior iniciativa voluntária de sustentabilidade corporativa do mundo

Compartilhar

A Usina Coruripe, uma das maiores do setor sucroenergético no país, passou a integrar, em outubro, a Rede Brasil do Pacto Global, iniciativa da Organização das Nações Unidas (ONU) criada para mobilizar a comunidade empresarial na promoção de práticas sustentáveis nos negócios. As estratégias adotadas pela empresa nos últimos anos estão em sinergia com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU e com o Pacto Global, que reúne 10 princípios universais nas áreas de direitos humanos, trabalho, ambiente e anticorrupção.

As organizações que passam a fazer parte do Pacto Global se comprometem a seguir esses princípios no dia a dia de suas operações. A Coruripe se destaca nas práticas de ESG (ambiental, social e governança, em português) e é reconhecida por contribuir para a construção de um mundo mais sustentável, comprometido socialmente e desenvolvido. Entre as principais iniciativas da empresa, está o compromisso com o meio ambiente: nos últimos anos, a empresa ampliou os investimentos para preservação e manutenção de áreas verdes em Alagoas e Minas Gerais. Em 2021, foi inaugurada a Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) Afrânio Menezes em Coruripe (AL) e a companhia contabilizou, ainda, uma capacidade anual de produzir 80 mil mudas de plantas nativas do Cerrado e da Mata Atlântica.

Desde o início da pandemia, a Usina Coruripe tem investido em medidas de prevenção à Covid-19 bem como na saúde dos colaboradores, tanto a física quanto a emocional. Para fornecer apoio psicológico, a companhia desenvolveu o Programa Acolher, que oferece atendimento psicológico, todos os dias, e ajuda da área de saúde aos funcionários e familiares.

Destaque, ainda, para a adesão ao programa Renovabio (Política Nacional de Biocombustíveis) do governo federal, com o objetivo de incentivar a participação de biocombustíveis na matriz energética nacional e a consequente redução da emissão de CO2 no meio ambiente. Três usinas da Coruripe em Minas Gerais e a matriz em Alagoas, que produzem etanol, têm autorização para emissão e comercialização de Créditos de Descarbonização (CBios), apresentando uma área elegível de 93% e com possibilidade de gerar cerca de 500 mil CBios. Somente na safra 2020/21, a companhia comercializou cerca de 390 mil CBios.

“Estamos muito orgulhosos por termos entrado para esse seleto grupo do Pacto Global da ONU. Além de uma grande visibilidade pelo fato de ser uma organização conceituada em todo o mundo, integrar essa rede reforça as nossas iniciativas de ESG e nos confere legitimidade entre as melhores práticas em nível mundial”, destaca Mario Lorencatto, presidente da Usina Coruripe.

Pacto Global da ONU

Criado em 2000, o Pacto Global foi idealizado pelo ex-secretário-geral da ONU, Kofi Annan, e dá aos membros acesso a ferramentas que contribuem para ampliar o envolvimento da empresa/organização com os temas de sustentabilidade e com as discussões na área. Também possibilita a participação em programas locais e internacionais, dentre os quais os grupos temáticos que conduzem projetos nas áreas de Água, Alimentos e Agricultura, Anticorrupção, Direitos Humanos e Trabalho, Energia e Clima e ODS. Com cerca de 17 mil participantes em quase 170 países, a iniciativa conta com mais de 1.300 membros no Brasil, país que possui a terceira maior rede no mundo.

Ao integrar o Pacto Global, a empresa se compromete a reportar anualmente o progresso em relação aos 10 princípios.  Assim, a iniciativa estimula a evolução constante das práticas internas de sustentabilidade. As empresas que quiserem fazer parte podem encontrar outras informações em www.pactoglobal.org.br.

Chinese (Simplified)EnglishPortugueseSpanish