Compartilhar

A Usina Coruripe, do grupo alagoano Tércio Wanderley, anunciou que vai entrar no varejo de açúcar da Região Sudeste. A expectativa é comercializar, no primeiro ano de operação, cerca de 30 mil toneladas.

As vendas vão começar a ser feitas em supermercados de varejo e no atacado em cidades do Triângulo Mineiro, em Belo Horizonte e na região metropolitana da capital mineira. A usina já comercializa açúcar no varejo na região Nordeste.

A marca “Açúcar Coruripe” será vendida a partir de setembro no Sudeste em três tipos: cristal (pacotes de 2 quilos e quilos), refinado (pacotes de 1 quilo) e demerara (pacotes de 1 quilo).

“A ampliação da atuação no mercado interno sempre esteve nos planos da companhia, tanto pela grande aceitação dos consumidores quanto pela confiabilidade adquirida da marca Açúcar Coruripe. Nossa meta é expandir a atuação para alguns Estados do Centro-Sul nos próximos anos”, afirmou Francisco Vital, diretor comercial da Usina Coruripe, em comunicado.

Para garantir essa expansão, a companhia fez investimentos na Usina Campo Florido, localizada na cidade homônima em Minas, que fornecerá o açúcar ensacado. Segundo a companhia, o açúcar produzido na unidade não utiliza enxofre no processo.

A Usina Coruripe possui mais três unidades em Minas Gerais e outra em Alagoas, o que lhe confere capacidade para processar 15 milhões de toneladas de cana por safra e para produzir 900 mil toneladas de açúcar VHP (para exportação), 120 mil toneladas de açúcar cristal, cerca de 500 milhões de litros de etanol por safra.

Cadastre-se em nossa newsletter