A voz do fornecedor

PROGRAMA POLOS + CANA 2ª ONDA PROMOVE ENCONTRO COM PRODUTORES

Diferentes formas de pensar a cultura da cana-de-açúcar têm sido apresentadas aos produtores da Coplana (Cooperativa Agroindustrial) e da Socicana (Associação dos Fornecedores de Cana de Guariba). Neste sentido, foi realizado no mês de maio um encontro dos Polos + Cana 2ª Onda. Durante o evento, realizado no IAC (Centro de Cana), em Ribeirão Preto, SP, com o suporte da equipe de pesquisadores desta instituição e das equipes Coplana e Socicana, o pesquisador André Vitti incentivou as diferentes formas de pensar o negócio canavicultura, apresentando o tema adubação para altas produtividades e esclarecendo os principais pontos a serem considerados no manejo nutricional.

Durante o encontro o diretor do Centro de Cana do IAC, o pesquisador Marcos Landell, abordou o manejo de variedades e de colheita sob os resultados do 3º eixo da matriz de produtividade, possibilitando também, um amplo debate sobre as melhores técnicas e práticas com sólidos resultados para as diferentes realidades do grupo. Os produtores ainda puderam visitar os viveiros no qual desenvolve-se um novo material genético que será lançado em breve pelo programa de melhoramento genético do IAC.

PRODUTORES DE CANA PARALISAM REFORMA DOS CANAVIAIS

O setor de plantadores independentes de cana-de-açúcar, após anos de crise, começa a se recuperar lentamente. Isto porque, a política pública equivocada do governo anterior impactou diretamente os produtores de cana que agora precisam renovar parte de seus canaviais. E isso deverá impactar na produção, segundo o presidente da Orplana, Eduardo Vasconcellos Romão.

Apesar dos preços do açúcar do ano passado terem oferecido oportunidades aos produtores, que fizeram investimentos para a renovação de parte de seus canaviais, a queda recente dos preços da commodity fez com que os produtores segurassem investimentos no restante de suas áreas. “Os produtores estão de ‘stand by’. Eles estão tentando entender como irão se encaixar neste novo contexto internacional. A reforma dos canaviais é o investimento mais alto da cultura canavieira e se torna inviável com os preços em queda”, afirmou o presidente da Orplana.

Além disso, ele destaca que a última atualização do Consecana não seguiu o cenário atual. “Agora, os produtores tem que estar mais atentos à negociação da safra em curso e tentar manter um Consecana que consiga remunerar o seu negócio.”

PESQUISA PAULISTA BENEFICIARÁ PRODUTORES DE CANA NA PARAÍBA

As novas tecnologias e cultivares desenvolvidas pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, por meio do IAC, de Campinas, contribuirão para ampliar a produtividade de cana-de-açúcar na Paraíba, graças a um protocolo de intenções celebrado entre a Pasta Estadual, o Sindacool (Sindicato da Indústria de Fabricação do Álcool no Estado da Paraíba) e a Asplan (Associação de Plantadores de Cana da Paraíba).

O Protocolo de Intenções visa difundir tecnologias e qualificar os cerca de 1.200 produtores de cana paraibanos com os Programas Procana, Ambicana, Prevcana e o sistema de MPB. A parceria no período de dois anos prevê que as entidades troquem dados, informações e deem auxílio ao suporte técnico.

Para o presidente da Sindalcool, Edmundo Coelho Barbosa, o principal objetivo do protocolo é aumentar a velocidade de adoção de novas variedades e atuar na renovação dos métodos de produção de mudas, resultando na instalação de um centro produtivo. “O sistema MPB faz uma seleção das gemas e é possível ter um rendimento muito maior e a diminuição da quantidade de cana usada no plantio, com aproveitamento maior e uniformidade da área plantada e alta produtividade”, explicou.

PRODUTORES DE CANA DA REGIÃO NOROESTE PAULISTA ESTÃO OTIMISTAS

Os produtores de cana-de-açúcar do Noroeste Paulista estão na contramão da expectativa do mercado e esperam uma safra mais lucrativa este ano. Em uma fazenda em Elisiário, SP, a colheita deve ser até 10% maior que a passada. “A gente está bem otimista pelo clima que vem ajudando, então tudo nos indica que teremos um aumento na produção”, afirma o produtor Claudinei Rebelato.

O produtor José Vallerio investiu na reforma da plantação e espera que a safra desse ano seja até 5% maior. “O tempo tem colaborado com chuvas mais controladas e regulares. Se os preços se mantiverem, já vai ser bom para nós”, diz José.

GOVERNADOR DE SÃO PAULO ENTREGA MUDAS A PRODUTORES

Na abertura da Agrishow 2017 o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, entregou a quatro produtores da Coplana e da Socicana os primeiros pacotes de MPB, desenvolvidos pelo módulo de produção integrada do projeto +Cana.

Além dos quatro produtores, um deles representado pela superintendente da Coplana, as mudas foram entregues também ao produtor Roberto Rodrigues, ex-ministro da Agricultura e representante da Coplana, e ao presidente da Socicana, Bruno Rangel Geraldo Martins. Os agricultores Renato Trevizoli, Rogério Consonni, Irenildo Gladenucci e Rodrigo Spina receberam a caixa das mãos do governador, bem como Mirela Gradim, que representou o produtor Ricardo Magnani.

Os produtores foram escolhidos após reunião com os integrantes do +Cana. As mudas foram entregues de maneira simbólica, uma vez que todo o material será enviado a cada propriedade com transporte adequado, no novo caminhão adquirido pelo projeto justamente para este propósito.